terça-feira, 3 de março de 2009


Crendo só em Deus e na Bíblia posso ser Testemunha de Jeová?

Essa é uma pergunta que pode num primeiro momento parecer estranha ou simplesmente sugerir que o autor do texto não tenha a mínima noção da teologia básica sobre o cristianismo. Na realidade, os próprios textos bíblicos apontam para uma necessidade e simplicidade para seguir os requisitos cristãos e isso é indicado em Mateus 22:35-40:



E um deles, versado na Lei, perguntou para prová-lo: "Instrutor, qual é o maior mandamento na Lei?" Disse-lhe: "‘Tens de amar a Jeová, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua mente.’ Este é o maior e primeiro mandamento. O segundo, semelhante a este, é: ‘Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo.’Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas."

Pois é, isso seria o requisito necessário e fundamental para um cristão e com essa resposta Jesus condenava os judeus que faziam da adoração a Deus submissão a regras e dogmas absurdos que iam além do que era exigido. Pois bem, a Torre de Vigia (representante legal das Testemunhas de Jeová no mundo) segue esse exemplo de se apegar a regras e a fugir do foco principal do cristianismo e isso pode ser observado se fizermos novamente a pergunta inicial do texto e colocarmos suas respostas. Vejam só:

Crendo só em Deus e na Bíblia posso ser Testemunha de Jeová? A revista "A Sentinela" de 01/04/1986 p. 31 responde:


Obviamente, a base da associação aprovada com as Testemunhas de Jeová não pode ser apenas uma crença em Deus, na Bíblia, em Jesus Cristo, e assim por diante. 

Observaram a gravidade de uma afirmação dessas? E a revista complementa sobre a necessidade de seguir regras fora do contexto bíblico:

A associação aprovada com as Testemunhas de Jeová requer a aceitação de toda a série dos verdadeiros ensinos da Bíblia, inclusive as crenças bíblicas singulares das Testemunhas de Jeová. O que incluem tais crenças?
Que há hoje na terra um “escravo fiel e discreto” a quem se confiaram todos os interesses terrestres de Jesus’, escravo que está associado com o Corpo Governante das Testemunhas de Jeová. (Mateus 24:45-47). Que 1914 marcou o fim dos Tempos dos Gentios e o estabelecimento do Reino de Deus nos céus, bem como o tempo da predita presença de Cristo. (Lucas 21:7-24; Revelação 11:15–12:10) Que apenas 144.000 cristãos receberão a recompensa celestial. (Revelação 14:1, 3)

Com isso observamos que a Torre de Vigia acaba se apegando a doutrinas que na realidade são um fardo e que por vezes podem até matar seus adeptos ao redor do mundo (como no caso da recusa do sangue). Observamos que o legalismo está presente em muitas situações e que o fundamentalismo religioso cego desvirtua toda uma tentativa se se praticar um cristianismo que se pauta pelo respeito e amor ao próximo. Estão seguindo ideologias que fogem de todo um conteúdo bíblico e Paulo confirma isso em 1 Coríntios 4:6: 

Não vades além das coisas que estão escritas.

Texto de Pascoal Naib.


4 comentários:

  1. Resumindo, você só pode ser uma testemunha de Jeová se se deixar manipular e controlar totalmente pelo corpo governante, e deixar de pensar pela sua cabeça, deixando que outros sejam "DONOS" da sua Fé Vivendo como um ROBOT PROGRAMADO.
    Jesus ensinou que a verdade LIBERTA, João 8:32. Não ESCRAVIZA. Por favor Libertem-se do Jugo da TORRE DE VIGIA.

    ResponderExcluir
  2. Exato; triste isso , principalmente quando se tem conhecimento de causa...ai como perdi tempo na minha vida com essa seita :P

    ResponderExcluir
  3. "E disse Jesus, eu sou o caminho a verdade e a vida, ninguém vai ao Pai se não por meio de mim." (João14:6)

    Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. (João 8:36)

    ResponderExcluir
  4. Faça o que a Torre manda e ponto final !! Eu, da minha parte, estou longe dessa masmorras...

    ResponderExcluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!