terça-feira, 20 de abril de 2010



14 comentários:

  1. Amei a manifestação. Infelizmente muitos, cá, dentro dos muros da Torre, desejam ardentemente estar aí presentes mas não podem. Fiquem cientes. Vocês têm admiradores AQUI dentro.

    ResponderExcluir
  2. Definitivamente não concordo com essa manifestação.
    Se alguem é desassociado foi porque algo de muito grave cometeu e não se arrependeu.
    Visto que há toda uma conversa com a pessoa, ela não é desassociada assim sem mais nem menos, claro todos tem o direito de escolher a sua religião, mas a pessoas antes de ser desassociada se batizou e escolheu essa religião por vontade própria, se ela deixou pode tambem ter sido por VONTADE própri . Injusto é vocês acharem isso.
    Isso não é um ato de injustiça,e sim de justiça para que a pessoa se aperceba de seu erro, e para que ela não venha a corromper o mais precioso nome que existe que é o nome de JEOVÁ.

    ResponderExcluir
  3. Rididulo... se vcs sairam ja tiveram sua liberdade de decidirem o que querem. Ja tiveram 1 vez dentro, ja souberam dos principios deles e sairam. Pra que manifestar? É só sair é pronto. Quem tiver lá dentro e infeliz, saia! Pode ser dificil, mas niguem é obrigado a ficar em nenhum lugar. E as outras religioes que executam pessoas por usarem roupas diferentes ou algo assim? Vão manifestar tbm? Não neh? Pois é... pra mim, não passam de traumatizados. Seguem suas vidas e deixem quem quiser ficar e se interessar pelas TJs. Tão querendo tirar a liberdade de escolha que todo ser humano tem.

    ResponderExcluir
  4. Kelly você comete alguns equívocos em sua postagem. As Testemunhas de Jeová discriminam ex adeptos sejam eles desassociados ou dissociados (pediram pra sair). Não é necessário pecado grave para a desassociação, pois basta não crer por exemplo na data de 1914 como Jesus estar reinando para ser discriminado. Outra coisa: você e ninguém da congregação tem acesso ao que acontece na comissão onde somente os anciãos decidem e nunca o "penalizado" tem como se defender pois ele é julgado e a todos os outros na congregação apenas repassam e proíbem até mesmo um simples oi. Que justiça é essa? E quem se dissocia por não acreditar mais e não comete nenhum pecado bíblico? Agora será discriminado por todos apenas por não fazer parte das TJs? Que religião amorosa é essa? Que hipocrisia é essa?

    ResponderExcluir
  5. Nem precisa ler na biblia, mas ja ouviu falar: UMA FRUTA PODRE NA FRUTEIRA ESTRAGA TODO O RESTO? O que vc faz qdo vê isso na fruteira de sua casa? Trazendo pra nós... já presenciou os que se dizem irmaos que agem com 'dupla personalidade'? Se sim, como se sentiu, vendo que aprendiam uma coisa e outros praticando o contrario? Sensação ruim e fica confuso naum é? Por isso se há necessidade de desassociação. Agora, que realmente ninguem mais participa da comissao, sim é verdade. Corre o risco de haver julgamento errado, sim é verdade tbm... mas, quem corrige e julga no tempo certo e hora certa? ELE Jeová. Só ele pra mostrar qdo há erros por parte dos anciãos. Continuo achando um exagero tudo o que fazem. Detalhe: sou desassociada (fui pq quis) e nem por isso, vou discordar de como funcionam as coisas lá dentro, pelo contrario, to fora mas apoio tudo e sempre que posso, defendo-os.

    ResponderExcluir
  6. Senhores,

    Sou desassociado e quando estava na ativa fui também ancião por isso posso comentar com veracidade sobre a necessidade de expulsar o transgressor para que a imagem da congregação não seja afetada e acima de tudo para que o nome de Jeová não seja difamado.
    Devo dizer que essa expulsão não ocorre sem critérios, sem que haja conversa com o transgressor ou sem que o mesmo tenha ampla defesa, inclusive com apelo ao Corpo Governante e ainda que este seja desassociado há a possibilidade de arrependimento e retorno.
    No meu caso, nunca fui discriminado ou rejeitado e se algum dos senhores, acreditam haver discriminação é porque não deram chance no seu coração de reconhecer que errou. Que errou especialmente para com Deus, este Deus criador de todas as coisas e que tem um nome, Jeová!.

    ResponderExcluir
  7. Meu colega Cid citou muito bem:
    "Em tempos recentes, em vários países, pessoas foram desassociadas ÚNICA e EXCLUSIVAMENTE por terem discordado de ensinos como esses (1914, Corpo Governante americano etc). Apesar de nunca terem deixado de crer em Jesus como Messias, de nunca terem negado sua vinda em carne e sua morte sacrificial e nem os ensinos que ele claramente deixou, passaram a ser tratadas como o "anticristo" de 2 João 7. Embora não tivessem abandonado o "ensino do Cristo" passaram a ser rejeitadas como pessoas a quem não se devia cumprimentar. Tampouco praticaram a iniqüidade de 1 Coríntios 5:11, e assim mesmo foram consideradas como pessoas iníquas, indignas da associação cristã e merecedoras da destruição".
    Não existe uma lógica na desassociação que é feita as escondidas por um tribunal de anciãos!

    ResponderExcluir
  8. Fui desassociado pelas TJ há 6 anos. Inclusive fui ancião por cinco anos. Escolhi não retornar à esta religião e nem à qualquer outra. Mas não posso me calar diante da barbaridade desta denúncia mesquinha e recheada de ódio de pessoas que, por não concordarem com os ensinamentos de um grupo religioso, buscam a vingança através do Estado. Discordo que tal conduta seja discriminatória ou exclusiva do meio social e do convívio familiar. Ela é exclusiva do meio religioso. É exclusiva do convívio com aqueles que continuam a aceitar as diretrizes das TJ. Por isto que apenas a parte da família do associado que for TJ deve "diminuir" o contato com o desassociado. No meu caso, tenho parentes que são TJ e jamais fui maltratado por eles. Veja apenas em seus olhos o desejo óbvio de que voltasse para o meio delas. Minha mãe é TJ há 42 anos e além de mim tem mais três filhas desassociadas e nenhuma das minhas irmãs a abandonou ou foram abandonadas por ela. E o mesmo ocorre comigo. E, ao contrário de sua alegação, nos vinte anos em que pertenci à organização das Testemunhas de Jeová, jamais presenciei ou li qualquer matéria em que se incentivasse o abandono material ou moral de um desassociado pelos seus familiares. Sou advogado, exerço com alegria minha profissão, tenho esposa, filho e um convívio ótimo com minha família. É que ao contrária de pessoas que guardam ressentimento tolos e por vezes nutrem diferenças pessoais com anciãos da congregação que pertenciam, se negam a fazer o que Chico Xavier ensinou: Ao invés de tentar mudar o passado, reescrever seu futuro. Será que possa cometer a canalhice de afirmar que não aprendi nada de proveitoso nos vinte anos que lá estive. Estes "desassociados" que posam de vítima não são capazes de apontar nada de bom nos ensinamentos das TJ? Sou grato de que durante o tempo em que lá estive aprendi coisas valiosíssimas. E tenho certeza de que em qualquer religião, existem ensinamentos proveitosos para aqueles que se concentrar no que é bom. Não compreendo porque todo este alarde. Se um desassociado quer continuar entre as TJ basta seguir os seus preceitos. Aliás os anciãos das TJ já me visitaram para saber se eu tinha desejo de retornar à casa. A escolha de não retornar foi minha. A escolha de não querer me filiar a qualquer religião é minha. NÃO PRECISO QUE O ESTADO CUIDE DE MINHA VIDA ESPIRITUAL! Mas se a preocupação dos senhores denunciantes é realmente legítima vai aqui algumas perguntas: Alguém já protocou denúncia ao MP pelo fato da igreja católica proibir o direito de um padre de se casar? Casar é um direito social. Constituir família é direito constitucional e também abarcado pelos mais sagrados direitos humanos. E o dízimo que engorda os cofres de tantas e tantas igrejas evangélicas? Alguém já protocolou denúncia ao MP por isto? A CF diz que ninguém deve ser compelido a fazer ou deixar de fazer algo senão em virtude de lei. Por que as igrejas evangélicas insistem em compelir seus fiés a pagar o dízimo então? Por que não vão ao MP denunciar a imposição de véus e burcas pelos muçulmanos às suas mulheres, dado que isto é claramente um afronta aos direitos de igualdade da mulher garantidos constitucionalmente?
    Deixe-me dizer algo: Ao invés de gastar seu tempo se preocupando com a doutrina em que se apega uma religião, muitas vezes resultante de mágoas pessoais, num país supostamente laico (supostamente, pois em seu preâmbulo se invoca a proteção de DEUS, sem respeitar, por exemplo, os ateus, agnósticos ou aqueles religiosos que não crêem necessariamente na existência de um, por que não marchar contra a corrupção política, a miséria (o Brasil está à frente somente da Bolívia e do Haiti nas Américas em pesquisa recente), o voto facultativo, salário mínimo digno e tantas outras necessidades básicas deste país?

    ResponderExcluir
  9. Olá José você deve ser o que está em contato comigo via email e que sonha um dia que não exista mais religião no mundo, mas mesmo assim defende o preconceito e a discriminação religosa praticada pelas Testemunhas de Jeová. Vou repetir o que te escrevi por email e que não obtive mais resposta:
    Novamente o senhor se mostra ou apressado em responder ou está realmente equivocado na linha de raciocínio. Acredito que ainda exista um resquício em seus argumentos dos moldes de aprisionamento de raciocínio típicos de quem pertence a um grupo totalitarista e fundamentalista e explico isso. Primeiramente todo grupo que se acha detentor do “divino” e com autoridade direta de Deus para estipular regras absurdas tem como característica básica a síndrome de perseguição, ou seja, não se pode ir contra seus “textos”, pois aí já surge os opositores malvados que vivem a falar mal do “povo de Deus”. Um resumo disso: puro maniqueísmo que me surpreende ver em seus pensamentos.
    Como advogado (não sei de que área) o senhor se mostra um pouco desatualizado das Leis referentes a crimes de discriminação religiosa. Pesquise um pouco mais sobre a Lei Caó, pois é sua área e com certeza lhe interessa para atualização. Mas, vou salientar o óbvio: toda instituição social tem o direito de expor suas regras desde que as mesmas não atentem contra a dignidade humana. Ser demitido ou expulso de uma associação é algo que pode ocorrer, porém em nenhum caso citado pelo senhor existe uma regra de imposição de não dirigir mais a palavra ou ter contato social com quem sai. Não existe em nenhum desses casos um julgamento as portas fechadas e sem direito a ampla defesa. Não existe coação e intimidação de se alguém falar com um ex adepto ser também expulso e penalizado! Não existe em nenhum desses casos abuso de poder. É tão sem sentido seu argumento que basta a pessoa querer voltar que todos falam com ela de novo, que eu me pergunto: e se eu não querer voltar? Não tenho o direito de recusar e viver minha vida? Como a partir daí sou rotulado como apóstata e uma pessoa banida? Que tipo de liberdade é essa? TECLA IRONIA LIGADA!

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Légitima a manifestação em Fortaleza. O José precisa entender que a luta dessas pessoas não é contra a instituição mas sim contra as práticas adotadas por ela. Fui dissociado em 2001 pelas Tjs por não concordar com os seus ensinamentos com relação a política partidária. Perdi inúmeros amigos e amigas. Não cometi nenhum erro que maculasse o nome da instituição, mas mesmo assim, fui penalizada como um pecador impenitente. Nasci em uma familia Tj em 1971. Meu pai foi uma das primeiras Tjs do estado do Ceará. Dediquei boa parte da minha vida e do meu vigor a essa religião, e o que recebi de volta foi discriminação. Se a época em que fui dissociado não tivesse a cabeça no lugar, certamente teria sofrido revezes na vida. Graças a Deus isso não aconteceu para não cumprir as profecias das próprias Tjs que apregoam que quem se afasta da organização está desprovido da proteção divina. Vivo até hoje de cabeça erguida, sem nenhum rancor no coração, não incentivo a ninguém sair de lá, porém, se questionado, exporei meu ponto de vista a quem quer que seja. Acredito que as Tjs é uma religião como outra qualquer, com algumas diferenças que só existem entre eles, mas que tem seus méritos e defeitos. Vivo muito bem sem ser Tj. Não preciso ter religião para ter fé em Jeová e continuar pedindo sua ajuda e proteção. Acredito que o que vocês fazem é de muito mérito, já que ajuda no contraditório a muitos jovens, filhos ou não de tjs, que estão querendo comparar filosofias, dogmas e ensinamentos. Se vocês existissem há 25 anos atrás, talvez eu não tivesse despertado mais cedo. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  12. Incrível. Inacreditável. Tem gente que foi expulsa e ainda defende esta seita do diabo, recheada de ditadores hipócritas (farizeus que adoram dominar os fracos de mente)Minha esposa foi sete anos TJ (minha paciência e sabedoria salvou o casamento, pois depois de alguns anos, se o marido não quer nada com TJ, eles fazem um inferno para separar o casal e arranjar outro lá dentro - destruidores de famílias)e era orientada a separar nosso filho da "idolatria da bandeira brasileira" mesmo quando o filho deste casal de anciãos tinha um álbum recheado de figurinhas de jogadores de futebol e suas bandeiras, diziam "para quê estudar, se formar, se este sistema de coisas está no fim?" enquanto seus filhos fazem vestibulares para direito e passam em concursos, dizem que a vida simples é o que vale, mas tem a residência confortável com telões de LCD, banheira de hidro (uma jacuzzi) e ótimos carros, dizem "você, você e você são voluntários para lavar o banheiro do salão do Reino, enquanto suas filhas, as princesas, nunca nem sabem o que é uma vassoura direito. Dizem que é proibido participar de festas de aniversário, mas o ancião sempre leva salgadinhos e doces para casa... Pregam com seus paletores, dizendo sou puro, sou sacerdote de Jeová! Mas nos bastidores ficam comentando sobra as irmãzinhas que deram em cima deles...Pedofilia, adultérios, e toda sorte de imundície acobertada com pretexto de que "irmãos" não podem levar suas causas À justiça comum. ORA POIS! DEIXEM DE HIPOCRISIA! É isso aí. Façam o que eu mando, MAS FIQUEM CEGOS PARA O QUE EU FAÇO. Um jovem adolescente foi expulso de casa porque havia tomado sangue depois de ser atropelado...Um pai de família foi desprezado pela própria esposa, depois que resolveu sair desta seita...Cadê amar ao próximo com a sí mesmo? Mas Jesus já avisou: falsos profetas surgirão (Mateus, 7:15
    "Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores." -- 2º Pedro, 2:1
    "Mas houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição."), irresponsável é quem não ora nem vigia (1º João, 4:1
    "Amados, não creiais a todo espírito, mas provai se os espíritos vêm de Deus; porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo.").
    Estes irrresponsáveis se entregam ao que estes lobos disfarçados de cordeiro ditam. Pior. Aliciam pessoas com pouco conhecimento bíblico para cair também no mesmo inferno - o do terrorismo, pressão, alienação, e discriminação se você quiser sair...E ainda condenam como se tivessem direito de julgar...Toda vez que acho uma TJ no campo, faço um monte de perguntas que eles não conseguem responder - e saem correndo desorientados. É...Lavagem cerebral é assim mesmo... Preferem acreditar na criatura do que no Criador. Problema de vocês - Cada um escolhe onde quer ficar. EU ESCOLHO FICAR DO LADO DO DEUS VIVO - O CRIADOR DE TODAS AS COISAS. VIVEMOS EM UM PAÍS LIVRE!

    ResponderExcluir
  13. esse video foi muito bom pra mim fazer meu trabalho da escola sobre manifesto religiosos obrigo viu.

    ResponderExcluir
  14. Nao entendo o porque de tantos comentários de pessoas que nao conhecem minimamente as crenças e principios das T.J. Sim porque se conhecessem nao diriam tantas barbaridades. Eu conheço a fundo e por isso posso reconhecer as mentiras que falam para iludir pessoas sinceras de que é uma organizaçao rigida e sem principios. Deviam era estudar a Biblia. E aqueles que como eu sabem que esta é a verdade recorram a Jeova e a su organizaçao terrestre, pois sabem que significa a vida que todos queremos. Nao me admira estes comentários porque a Biblia é veraz..... e pessoas apostatas guiads por satanas teriam que sair a luz para desviar a muitos.Pena pois em breve verao o seu fim.... as profecias estao praticamente tds cumpridas, as que faltam sao mt poucas e se cumprirao..... Nao lhes resta muito tempo assim como nao resta ao vosso pai que lhes ensina a mentira. Se me interessasse pelos vossos argumentos so gostava que os provassem, mas como tenho certeza de que nao o fazem, porque nao conseguem.....sim poruqe graças a Jeova eu posso provar a verdade e defende-la de modo veraz... Sao mesmos filhos do vosso pai que acusa mas nao prova.
    Este sistema esta pelo fim...
    Os comentarios dos politicos sao obvios.
    E ao monte de Jeova estao a subir cada vez mais pessoas sinceras que sabem onde esta a verdade.
    Agrdeço a Jeova pelos anciaos que em cada congregação zelam pela justiça e pureza, pelo seu amor a cada membro e zelo em nao permitir que pessoas iniquas e imorais manchem o belo nome de Jeova.
    Sei que nao é aqui a forma mais apropriada de defender a organizaçao que leva o nome do Criador, mas vi o site sem querer e nao posso conter o fogo da verdade.
    Visto que li alguns comentarios de pessoas que reconhecem a pureza e veracidade de toda organizçao e modo de vida das Testemunhas, so vos aconselho a buscar orientaçao correcta em vez de darem ouvidos a conversa tola e irreflectida de pessoas influenciadas por satanas.Busquem a ajuda de anciaos amorosos que nunca vos discriminarao. Busquem essa ajuda enquanto é o tempo, para que possam alegrarvos tb o ver a destruiçao de que vitupera o Pai. Se esse for o vosso desejo, Jeova tomara as meidas necessarias.

    ResponderExcluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!