terça-feira, 17 de agosto de 2010


Um adepto das Testemunhas de Jeová, admitiu ter abusado sexualmente de um menino de sete anos de idade. Thomas Gold, 45 anos, abusou da criança ao longo de um período de sete anos num endereço em Clackmannanshire. O abuso começou com um beijo na boca do menino, e ficou mais íntimo quando o mesmo chegava a adolescência.
Matéria completa:
http://news.stv.tv/scotland/west-central/187628-jehovahs-witness-sexually-abused-seven-year-old-boy/

Comentários do nosso Blog sobre o caso:
Não se quer aqui dizer que as Testemunhas de Jeová propiciam ou facilitam tais casos, pois seria uma inverdade! O que deve-se ter em consideração é que ocorrem mais casos do que as Testemunhas de Jeová imaginam, ou seja, a propaganda de única religião pura e que não ocorre tais casos, essa sim, é  uma inverdade!
Denunciem casos que vocês presenciaram a polícia e NUNCA deixe isso ser resolvido entre os muros da igreja como forma de não "macular" o nome da organização religiosa! Isso não existe! Pedofilia é crime e somente a polícia resolverá tais abusos.


Categorias:

5 comentários:

  1. Olá, na verdade meu comentário não pé diretamente sobre a notícia, mas sobre o infeliz logo acima, ele é de alguma campanha oficial? Ele parece A FAVOR da pedofilia (Pedofilia NÃO
    Denuncie)... sem pontuação, virgula e exclamação, ele pede pra fazer o q sempre acontece: não denunciar.....

    ResponderExcluir
  2. É bom saber que há pessoas que não estão deixando as coisas ruins passar em branco, ou seja, dissociação e desassociação...

    ResponderExcluir
  3. Marcio realmente ficava dúbio a frase e troquei a imagem. Obrigado pelo alerta!

    ResponderExcluir
  4. Assim como existem de outras religiões e até agnósticos e ateus que SÃO pedófilos... isso não é culpa da religião.

    ResponderExcluir
  5. Parabens as Testemunhas de Jeova por dessasociarem pedófilos, ladroes e afins. A maior campanha contra a pedofilia é desassociar esses animais, se todas as igrejas e associações fizessem isso, o mundo seria melhor. Alguem é contra essa medida ou tem solucao melhor? (matar nao vale)

    ResponderExcluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!