quinta-feira, 5 de julho de 2012

EX - TESTEMUNHA DE JEOVÁ CRIA ASSOCIAÇÃO PARA APOIAR VÍTIMAS DE PRECONCEITO RELIGIOSO

O ex-membro das Testemunhas de Jeová, Sebastião Ramos, fundou uma instituição com o objetivo de amparar as vítimas de preconceito religioso e defender a laicidade do estado. Ramos é servidor da Universidade Federal do Ceará e afirma ter criado a ABRAVIPRE (Associação Brasileira de Apoio a Vítimas de Preconceito Religioso) por causa de sua luta contra a discriminação praticada pelas Testemunhas de Jeová. Um documento divulgado pela assessoria da associação conta que “Sebastião Ramos tem denunciado a associação religiosa Testemunhas de Jeová, após a sua excomunhão (desassociação)”. Após se desvincular da entidade religiosa Ramos foi submetido à dura pena de passar a ser humilhado, ignorado, renegado e execrado, não apenas pelos que outrora eram seus companheiros de credo, mas também, pelos seus próprios familiares membros das Testemunhas de Jeová.
 O comunicado da associação destaca ainda: “Toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião; esse direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, isolada ou coletivamente, em público ou em particular, protegidos pelo artigo XVIII da Declaração Universal dos Direitos Humanos”. Apesar de ter nascido de sua luta contra a associação das testemunhas de Jeová a entidade ressalta que seu objetivo não é combater apenas essa instituição em particular, mas também abusos de outras organizações religiosas. O texto destaca as contribuições financeiras dos fiéis a igrejas afirmando: “Pessoas em precária condição financeira, desvalidas emocionalmente, sendo incentivadas a se desfazer de seus já parcos recursos em favor de igrejas que todo tipo de bem-aventurança prometem em troca de dinheiro ou bens, enquanto se locupletam, amealhando fortunas à custa da credulidade pública”.
A ABRAVIPRE ganhou Certidão de Personalidade Jurídica no dia 13 de Junho, e destaca que apesar de ainda não ter obtido nenhum vitória jurídica definitiva já galgaram grandes passos em sua causa, citando como exemplo uma denúncia do Ministério Público Estadual contra anciãos das Testemunhas de Jeová, por crime de racismo, tipificado na forma da lei 7.716, denúncia acatada pelo juiz.
Através de sua página no Facebook, a associação afirma já estar em busca de apoio e envolvimento de pessoas dispostas a combater o preconceito religioso.
Fonte:

14 comentários:

  1. leomaracandido@gmail.com10 de julho de 2012 18:19

    A religião naum está acima das leis dos homens, desde que naum afeta a lei de Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ´E uma pena que o Sr. Sebastiao Não yeve o entendimento da verdde exata dai ele esqueceu que a desassociaçãõ e´´ uma provisão amorosa da parte de Jeova. para evitar que maus costumes se infiltre no meio do seu povo. peço que o Sr. reconsidere ess tua atitude

      Excluir
    2. Anonimo, foi assim que Jeová agiu com os Judeus que realmente apostataram? É assim que Tiago 5:19,20 mande tratar os que foram embora? É assim que Jesus falou e Mateus 5:47,48 relatou, É correto tratar uma pessoa como fornicador,extorsor, ladrão e Beberrão sendo que você se quer sabe quais foram os delitos que esta praticou, já que uma Testemunha de Jeová pode ser desassociada por assistir reuniões religiosas em outra denominação, ou comemorar data natalícia? O Problema anonimo não é desassociar, mas sim o tratamento que se ordenam a dispensar a tais. Sabe como se originou isso? Se deu com o não cumprimento da predição de 1914 e ao ver que muitos estavam saindo e com medo de levar o demais foi decretada esta doutrina terrível e criminosa segundo a lei 7.716/1989 e viola o que Jeová sugere que faça com os que foram embora da verdade, ou seja que os ajude a retornar, e não é só ancião que é sugerido a prestar tal ajuda não, pois Tiago 5:19,20 enfatiza que é quem fizer T.NM.

      Excluir
    3. Concordo com sua postura em defender nosso Grandioso Deus, usando a Biblia para combater doutrinas humanas, Jeova observa o mal testemunho que ELES empregam a Jeova. Acompanho o seu trabalho e luta meu irmâo a um certo tempo,dentro desta seita nasci, sofri, meus pais foram pioneiros especiais, deixaram quando nasci, meu pai participava dos emblemas e morreu como ungido, embora muitos tentavam me dizer que posso ter uma surpresa no paraiso, percebi que no meio deles ha um desentendimento enorme sobre quem vai ou nâo para o céu, minha mâe, tia e primas nâo perdem uma reuniâo como se congregar fosse ingresso pro novo sistema. Fui desassociada e minha mâe literalmente faltou bater na comissào, mais como ela é muito respeitada eu e meu atual marido fomos abandonados. Tem muita estoria nos meus 35 anos la dentro, conversaremos mais.Deus estara com vc e nos tambem.

      Excluir
  2. Desculpe, meu comentario anterior. "eu quiz dizer" as leis de Deus está acima de qualquer lei "dos homens".

    ResponderExcluir
  3. Desde quando a separação de famílias é uma provisão amorosa da parte de Jeová? Quem está interessado em destruir as famílias e criar inimizades e intrigas entre as pessoas é Satanás o Diabo.
    Seria bom que cada testemunha de Jeová fizesse um curso de relações humanas, para aprender a respeitar as diferenças das outras pessoas.
    Se querem continuar acreditando na mentira, e levando a mentira nos lares das pessoas, que continuem fazendo isso, mas não metam Jeová e Jesus no meio dessa maldade que vem sendo feito as famílias a várias décadas. Pois Jesus disse que seus discípulos devem amar e cumprimentar até seus inimigos, e não destruir lares com um ensino diabólico que é a desassociação criado pelo falso profeta que compõe o corpo governante.
    Eu já fiz parte da Igreja Cristã e da Batista e resolvi sair por não concordar com certos ensinos, mas nem por isso as pessoas dessas igrejas deixaram de falar comigo. Eu respeito os credos deles e eles respeitam minhas opiniões e vamos tendo uma convivência pacifica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. leomaracandido@gmail.com19 de julho de 2012 18:01

      Então, primeiro vc vai obter algum conhecimento referente a adoração das testemunhas de Jeová para depois postar algo aqui, OK? OU O QUE VC COMENTAR AQUI, FICARÁ SEM NEXO.

      Excluir
    2. Leomara Cândido, Gostei de seu comentário sugerindo ao acusador, que primeiro procurasse aprender sobre o que realmente ensina religião TJ, para então comentar. Leomara, Muito embora eu não esteja na religião, mas estou convidando a todas Testemunhas de Jeová, para que empenhe arduamente, junto aos representantes do corpo Governante no Brasil, afim de que tome providencias de imediato, no tocante a descriminação que sem duvida é praticada pelo ensinamento, para muitas Testemunhas de Jeová, não venha ser prejudicadas, Já que a Lei 7.716/1989 do código civil Brasileiro está realmente sendo violada, e isso não será permitido por um país que prega a união entre as pessoas, e um erro grave como esse, sem sombra de duvida não irá ser tolerado por muito tempo, A Sentinela de 15 de Fevereiro de 2004 na página 17 §9,10 O C.G menciona que o conhecimento que ele tem do propósito de Deus não é perfeito por este motivo é que muitos ajustes tem sido feito, Então é chegada a hora de fazer mais um, em especial no que diz respeito ao tratamento sugerido pela religião aos que sai dela. linomacha@hotmail.com Roberto Lino Machado.

      Excluir
  4. Se as Testemunhas de Jeová querem ser consideradas uma religião verdadeiramente cristã, precisa abandonar os ensinos que não tem apoio bíblico. Vejamos alguns exemplos:
    Parar com a mentira que Jerusalém foi destruída em 607 antes de Cristo para apoiar a falsa profecia da volta invisível de Jesus em 1914.
    Parar com a mentira que Jesus veio em 1918 e ressuscitou os ungidos.
    Parar com a mentira que em 1919 todas os cristãos foram rejeitados por Jesus e somente os líderes da Torre de Vigia são o canal que Deus se comunica com os homens.
    Parar com a insana proibição relacionada as transfusões de sangue.
    Deixar de ser hipócrita com relação ao sangue, pois não doam sangue mais aceitam as frações de sangue doadas por outras pessoas.
    Parar que proibir a comunicação com pessoas que não aceitam suas interpretações sobre doutrinas. Não ficar causando a separação de casais, pais e filhos, etc.
    Ainda tem várias outras coisas que poderiam ser mencionadas, mas esse exemplo já dar pra perceber que é preciso uma grande mudança de falsos ensinos para o que a Bíblia realmente ensina. (Luiz Alberto A.B. [luizbezerratyah@hotmail.com])

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. leomaracandido@gmail.com19 de julho de 2012 18:01

      vC TBEM NAO TEM BASE ALGUMA SOBRE O QUE COMENTA

      Excluir
    2. Ja foi desassociada? PROCURE VC TBEM BASE. MORO DO LADO DE BETEL, QUEM MANDA É O CORPO GOVERNANTE NÂO KIKUTA, MACHADO E OUTROS.

      Excluir
    3. vc ja foi uma testemunha de jeova meu caro.se foi deve ser sabido da sua parte,os motivos,que levam um irmao ou irma, ser desassociada(O).conheço algumas pessoas,que foram dessociadas.e nao deixei,de comprimenta-las.ate mesmo algumas depois de dessociada foram pra outras denominaçoes e me confessaram.que os ensinamentos e totalmente diferente.que se arrependeram,e querem voltar a se associar conosco.veja bem hoje so no brasil somos 8.000.000.00 milhoes de testemunhas de jeova fazendo a obra de pregaçao.sinto muito meu amado mas vc deve ter feito uma falta muito grave pra isso ter acontecido com vc.mas volte.humilha-te perante JEOVA e ele mesmo enaltecera vc. fique bem.

      Excluir
  5. Para as Testemunhas de Jeová, o próximo são somente os que são de sua religião. Quando alguém discorda dos ensinos da Torre de Vigia é odiado pelas Testemunhas de Jeová, mesmo que sejam os próprios familiares.
    Não devemos odiar nenhuma religião, mesmo que achemos que seus ensinos não estão de acordo com a Bíblia. Precisamos ser tolerantes e respeitar o direito dos outro, e isso inclui o direito da liberdade religiosa. Devemos tratar a todos com amor e respeito, e ter em mente que não somos juízes, mas que também iremos prestar contas de nossos atos a Deus. Cada pessoa é responsável por seus atos, e todos tem o direito de seguir o que manda sua consciência.
    Eu não odeio as TJ, nem os Mórmons, nem os Adventistas e nem qualquer outra religião. Somente falo contra os ensinos que não tem base na Bíblia.
    Não posso aceitar que Jesus voltou em 1914 porque a Bíblia não diz isso. Não posso aceitar que houve uma ressurreição em 1918 porque a Bíblia não diz isso.

    Agora, quem vive semeando o ódio são as Testemunhas de Jeová, contra as pessoas que não aceitam as interpretações falsas do Corpo Governante.
    Por exemplo: Quem aceitar uma transfusão de sangue ou disser que o ensino que diz que a presença invisível de Jesus começou em 1914, é desassociado, e passa a ter a família e amigos como inimigo, e tudo por imposição de CORPO
    GOVERNANTE.

    O Corpo Governante é quem prega o ódio contra as pessoas que descobrem seus falsos ensinos e chega a destruir famílias e levar pessoas a loucura e ao suicídio.
    Jesus não odiava ninguém, mas odiava os ensinos dos hipócritas, pois ensinavam por mandamento ensinos de homens.

    Eu admiro a coragem das Testemunhas de Jeová de ir às casas pregando, não as Boas Novas do Reino de Deus, mas o falso ensino que Jesus voltou em 1914, houve a ressurreição em 1918 e vários outros. - Luiz Alberto (luizbezerratyah@hotmail.com)

    ResponderExcluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!