sexta-feira, 11 de dezembro de 2015


O Blog Ex-Testemunhas de Jeová parte para uma nova empreitada. O que mais percebemos nesses oito anos de atuação na Internet denunciando os extremismos religiosos da Torre de Vigia foi a necessidade vital de responder algumas questões recorrentes feitas por muitos de nossos fiéis leitores: o que fazer para sair das Testemunhas de Jeová ou mesmo o que fazer depois que saí das Testemunhas de Jeová?

Muitos ficam angustiados e perdidos com as mudanças que porventura acontecerão e com certeza a ajuda de um profissional qualificado pode ser de grande importância para superar momentos de tanta tensão como esse.

Por isso o Blog Ex-Testemunhas de Jeová está criando a partir desse momento uma seção destinada a textos que possam ajudar e colaborar com as diversas situações que um adepto ou ex-adepto das Testemunhas de Jeová possam enfrentar.

Além disso, estamos criando uma rede nacional de contatos com profissionais na área da saúde para que possamos indicar a quem nos procura por ajuda. No momento estamos com dois psiquiatras do estado de São Paulo. 

Para mais informações podem me mandar um email: pascoalreload@gmail.com 


41 comentários:

  1. Isso sim verdadeiro amor

    ResponderExcluir
  2. Está é uma verdadeira provisão!!! Chegou no momento exato! Só tenho a agradecer por isso! Pois só quem passou ou passa pelas graves sequelas que a "torre" deixou e deixa em nossas vidas é que sabe o valor deste apoio profissional especializado! Se erguer depois de passar por isso não é nada fácil, mas não é impossível com o apoio adequado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá boa noite! Estou terminando o curso de Psicologia,fui TJ por mais de 20 anos,por isso estou me colocando a disposição para ajudar aqueles que se sentem perdidos fora dessa religião.Assim que terminar o curso entrarei em contato com o proprietario da pagina do site. abraços

      Excluir
  3. otima iniciativa!

    mesmo dentro da organização e sem descobrir o que já sei hoje, já havia feito algumas sessões de terapia que me ajudaram bastante, mesmo não chegando a tocar no assunto da fé com meu psicólogo por, na época, ter vergonha e medo de ser ridicularizado por ser uma TJ (???), ou seja, no final das contas nunca fui 100¨por cento confiante naquilo que pregava

    hoje em dia meu projeto de a primeira coisa a fazer ao sair da Torre é buscar a ajuda de um profissional, pois já sei que não será uma batalha fácil

    ResponderExcluir
  4. Quem já estiver em conversas com algum(a) profissional por favor me mande por Mensagem Privada ou por meu e-mail o nome, pois gostaria de contatar tal pessoa.

    ResponderExcluir
  5. olha pascoal vc deveria se preocupar com as pessoas que estão morrendo nas drogas, prostituição e tantos outros vícios, em vez de está peseguindo uma religião. que prega o temor a DEUS, ter vida com princípios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao Anônimo 23 de dezembro de 2015 22:14.

      Mas, uma injustiça não anula a outra. O fato de ter pessoas sofrendo no mundo apenas serve como alerta para realmente exercitarmos nossa humanidade para qualquer pessoa independente de sexo, raça, nacionalidade ou religião.

      Será que você como Testemunha de Jeová faz isso? Ou discrimina ex-adeptos e condena todas as pessoas do mundo por não fazer parte de sua religião norte-americana? Será que o espelho não serve para sua face?

      Excluir
    2. Parabéns Pascoal, por sua iniciativa corajosa, Jeová Deus sabe quem você é, não precisa de forma alguma estar associado a uma organização de origem duvidosa, com erros incontestáveis e pseudos-adoradores fanáticos, donos da verdade absoluta, nada mais são que pobres criaturas desesperadas com medo da morte e longe dos reais propósitos de Deus. Um abraço amigo. Agora você é livre para praticar a adoração do amor e ñ do medo.

      Excluir
  6. Olá, Pascoal!

    Sou Portuguesa e Cristã-católica, portanto, posso falar com isenção.
    Sou Católica, como afirmei atrás, e reconheço todos os erros que a Igreja a que pertenço e onde fui batizada tem cometido ao longo dos tempos.
    A Igreja, seja qual ela for, é uma entidade feita por homens e mulheres, portanto, imperfeita. A Bíblia, o livro sagrado por onde nos guiamos não está ao alcance de todos, nem mesmo dos grandes teólogos, e basta alterar, voluntariamente ou não, que o sentido da frase se altera, completamente, portanto, é preciso atenção, pke Deus é Pai, benevolente, omnipotente, grandioso, mas qdo necessário também castiga, como qualquer pai faz com seu filho/a.

    Estive lendo como se tornou testemunha de Jeová, e em meu entender foi um pouco por arrastamento. Sua mãe já era, portanto, caminho aberto... para você.

    Conheço e contacto com algumas TJ, que cumprem fanaticamente tudo o que a "torre de controle" manda fazer, como por exemplo, mulher não pode usar calça, nem calção, mas há outras que usam, portanto, há um certo liberalismo, em Portugal. Creio k são unânimes em não levar transfusão de sangue, não festejar aniversário, nem natal, mas sei de muitos que festejam esses acontecimentos, meio clandestinamente.

    Por enquanto, não preciso de acompanhamento psiquiátrico, pke não sou TJ e já não vou à minha igreja há muitos meses (risos).

    SÓ DEUS CONHECE TODOS OS CORAÇÕES, portanto, é ELE quem julga.

    Resto de Bom Natal e excelente Ano Novo.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Pascoal!

    Tudo bem?

    Retificando: 6ª linha do meu comentário acima: basta alterar UMA VÍRGULA... agora está correto.

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CÉU obrigado por sua participação e por seu comentário.

      Excluir
  8. Boa noite Pascoal! Sou TJ e li vários de seus artigos. De acordo com seu comentário abaixo, não vou me identificar (afinal, não sou obrigado). Mas quero a partir de hoje dialogar virtualmente aqui no teu blog sobre pontos que considera serem contrários à Bília entre as crenças divulgadas por nós publicamente... Sendo tratado com absoluta imparcialidade, permanecerei aqui nos posts. No momento que me diferenciar dos outros usuários do blog por eu ser TJ, deixarei de ler e postar meus comentários, que seguirão à risca suas instruções abaixo...

    Algo que gostaria de expressar seria o seguinte: em todos (grifo: "TODOS") os teus artigos que li até agora, não encontrei algo positivo sobre as TJs... Talvez vc me diga sobre isso: "Esse não é o objetivo do blog!", eu entenderia perfeitamente. Porém, pelo teu vasto conhecimento bíblico e psicanalítico, vc concorda comigo que na maioria dos grupos religiosos há elementos positivos e negativos?

    Aguardo sua resposta imparcial para eu continuar nosso bate-papo público...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo 28 de dezembro de 2015 23:25.

      Parabéns pela iniciativa do diálogo, mas ao mesmo tempo fico triste por saber que sua abertura é condenada pela Torre de Vigia, ou seja, não é permitido esse tipo de comportamento para os adeptos dessa denominação religiosa, sob ameaça de punição ou morte social (desassociação).

      Você me pergunta se na maioria dos grupos religiosos existe elementos positivos e negativos. Vou mostrar primeiro a opinião das Testemunhas de Jeová ok? E vou citar as publicações da Torre de Vigia.

      *** w70 1/1 p. 8 Por que examinar a Bíblia? ***

      QUAL A RELIGIÃO QUE É BOA?

      É evidente que não se pode dizer que “toda religião é boa”. Há muita coisa confusa, muita coisa enganadora, muita coisa desmoralizadora no hodierno império mundial da religião babilônica. A Bíblia predisse este vasto sistema de religião sectária como “Babilônia, a Grande, a mãe das meretrizes e das coisas repugnantes da terra”. O meretrício espiritual da religião, ao formar partidos políticos e se entregar à política para fins egoístas não tem a bênção de Deus! Proclama-se agora a chamada urgente a todos os que ainda estão em “Babilônia”, mas que buscam a verdadeira religião e a vida: “Saí dela, povo meu, se não quiserdes compartilhar com ela nos seus pecados e se não quiserdes receber parte das suas pragas.” A situação mundial que hoje rapidamente piora mostra que é iminente a execução do julgamento de Deus na religião falsa! — Rev. 17:5, 15-17; 18:4.

      Exige-se, porém, mais do que apenas abandonar a religião falsa. Jeová Deus exige que os que querem ganhar vida eterna aprendam e pratiquem a religião verdadeira. Isto significa estudar a Bíblia e cultivar o amor a Jeová Deus, a seu Filho, Cristo Jesus, e ao seu reino, por meio do qual cumprirá a sua vontade na terra. (Mat. 6:9, 10)

      PASCOAL COMENTA ---- ABAIXO ----
      Acima coloquei o que as Testemunhas de Jeová pensam sobre qualquer religião que não seja a sua. Todas as religiões são consideradas como erradas e são comparadas a uma meretriz e obviamente a única correta e certa (na visão da Torre de Vigia) são as Testemunhas de Jeová. Fica complicado você "sugerir" que eu somente vejo o lado negativo da sua religião se a sua religião só vê o lado negativo de todas as religiões do mundo não é verdade?

      Excluir
    2. Continuando minha resposta ao Anônimo 28 de dezembro de 2015 23:25.

      Na minha opinião qualquer crença e não crença deve existir e ser respeitada. Condeno apenas os fundamentalismos e fanatismos religiosos.

      Meu Blog não "ataca" ou quer "destruir" a fé de ninguém, mas alerta e mostra os fundamentalismos religiosos das Testemunhas de Jeová que precisam ser combatidos.

      Em nenhum momento você vai ver meu envolvimento sobre questões doutrinárias, se a pessoa crê numa trindade ou em Deus e Jesus como sendo separados, ou num paraíso no céu ou na Terra etc...as pessoas creem no que quiserem. Porém, se essas crenças atentam contra a vida ou dignidade humana eu vou denunciar e combater.

      Excluir
    3. Ele quer que argumentamos com base bíblica. Em primeiro lugar, basta estudar história para descobrir q a bíblia foi manipulada pela igreja católica... Reuniões secretas, concílios, etc. Mas ok! Vc quer basear sua fé na bíblia vamos lá. No antigo testamento desacreditavam animais para Jeová. Hj quem fazer isso é macumbeiro. Nao concordo com os sacrifícios... Acho difícil acreditar num deus tão severo qto o do velho testamento. Aliás deus a bíblia diz que nao muda mas mudou no novo testamento, nao há como negar. Ai vem Jesus e prega nunca em partes nenhuma ele diz da boca dele: Jeová! Estranho... Outra sinuca de bico. Satanás quer a adoração para ele, quer provar que pode governar. Pow! Ele bem se esforça para isso? Só vem para fazer o mal??? Adão e eva... Só um sádico proibiria algo no paraíso... Enquanto houver alguém que mande, sempre haverá rebeldes. A nao ser q ele ja sabia que Adão e eva comeriam do fruto.... Basta proibir para alguém fazer o contrário. Essa é a natureza humana...

      Excluir
  9. É complicado, como se não bastasse tanta polêmica da torre, por acaso, ao pesquisar (google imagens) sobre imagens subliminares me deparei com algo assustador que envolve imagens ocultas da torre de vigia.

    ResponderExcluir
  10. Ola céu,esqueça as seitas ou religião deus manda avisar as pessoas de coração sincero.

    ResponderExcluir
  11. Muito bem, Pascoal... Vamos conversar sobre o que a Bíblia tem a dizer sobre "religião" (ou como algumas traduções bíblicas: "forma de adoração"), ou conforme termo bíblico grego thre·skeí·a. Agradeço se seguir dentro de nossa ideia principal até que conversemos amplamente dentro deste assunto. Estou à disposição para um assunto posterior no futuro... Ok?

    PRIMEIRA PERGUNTA: Em seu ponto de vista pessoal, onde a Bíblia dá a base pra depositarmos confiança em toda a forma de (gr.) thre·skeí·a (em português "religião")? Poderia postar aqui os versículos específicos construindo a base para nossa avaliação crítica?

    SEGUNDA PERGUNTA: Quais são os versículos bíblicos que você citaria pra dar base a ideia de que Deus aprecia todas as (gr.) thre·skeí·a?

    Aguardo suas ponderações...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao Anônimo 30 de dezembro de 2015 15:14

      Como eu te falei não entro muito em debates teológicos, pois não questiono isso. Combato fundamentalismos religiosos.

      Mas, se você quiser acho mais viável um "debate" ou diálogo lá no Fórum Ex-Testemunhas de Jeová, pois terá a opinião de várias pessoas. É só cadastrar nesse link abaixo:

      http://extestemunhasdejeova.net/forum/portal.php

      Excluir
    2. Anônimo, acharia interessante você ler Crise de Consciência e Em Busca da Liberdade Cristã, ambos do Raymond Franz. Fique tranquilo(a), pois são livros que abordam várias questões doutrinárias sem ofensas e desrespeitos. Mas saiba que após ler e conhecer a Torre de Vigia de cima para baixo seus conceitos quase com certeza serão totalmente revistos. A questão é: Você está preparado para mudar de vida?

      Excluir
  12. Olá conheci o blog hoje e vou falar um pouco da minha experiência sou ex testemunha de Jeová a mais de 16 anos ,foi desassociada porque casei grávida e ainda hoje por incrível que pareça ainda sofro com algumas coisas um de meus irmãos de sangue até hoje não conversa comigo, tenho uma cunhada que se casou com meu outro irmão muitos anos depois de eu ter saído do salão me trata como se eu fosse uma doença contagiosa que fosse contaminar ela não fala comigo nem me olha pra falar a verdade a mais menos uns 4 anos atrásandou minha mãe me perguntar se eu não pensava em voltar, respondi com outra pergunta se pra ela falar comigo dependia de eu voltar pois acima de tudo somos da mesma família quer ela queira quer não queira. E finalmente respondi que não tenho mais vontade de voltar,daí em diante é que ela quando vem em minha cidade é que faz questão de me desprezar mesmo. Moro no mesmo quintal que minha mãe e aí é que ela faz questão de mostrar seu desprezo contra mim, já me magoei muito com isso mas hoje estou superando graças a Deus. Nunca deixei de fazer minhas orações como me foi sugerido no dia da minha reunião para ser desassociada e vejo que Jeová Deus nunca me deixou de me ouvir aos poucos minha família foi me aceitando e com excessão dessa minha cunhada e do meu outro irmão ( que não marido dela)todos falam comigo e sou bem vinda na casa de todos. No mais o pessoal que era da minha época no salão alguns ainda viram a cara pra mim na rua, mas a vida continua e conheci novas pessoas fiz novas amizades , vivo muito feliz e bem com meu marido e pai do meu filho. Foi difícil no começo e as vezes ainda é hoje mas nada que não possa ser superado morri para aquelas pessoas mas graças a Deus contínuo aqui para milhares de outras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adriangela e obrigado por visitar e comentar no Blog. Infelizmente também vivo um drama parecido, ou seja, nós que somos ex-Testemunhas de Jeová sabemos muito bem como funciona os fundamentalismos religiosos dessa denominação religiosa. Por isso a importância de denunciar e ajudar mais pessoas a não entrarem nesse tipo de fé estéril.

      Excluir
    2. Obrigada por responder , engraçado mesmo tendo saído a 16 anos só agora estou começando a falar e a procurar um grupo de apoio.

      Excluir
  13. É Pascoal Naib... Quando os argumentos bíblicos faltam, entram os argumentos pessoais... Imaginei que você não respondesse mesmo. Li os 2 livros do R. Franz, e concordo com o que ele escreveu sobre muitas coisas. Você elogia bastante a atitude ele, e não sou contra esse conceito que você tem, até porque o Franz apresentou os resultados de pesquisas que fez. Ele se afastou porque tinha sofreu com crise de consciência. Agora, descartar meus questionamentos sem nem mesmo tentar mostrar uma opinião bíblica é motivo para eu não mais continuar aqui no blog. Nesse aspecto específico, não generalizando, você mostra uma atitude parecida com a das TJs que tem uma mente mais conservadora - "sair pela tangente"... Minha opinião, com todo o respeito pelos seus sentimentos em relação ao que você discorda das TJs, é que seria bom apresentar provas bíblicas para o pessoal aqui do blog que baseia sua esperança nas Escrituras. Não sáo todos que acreditam na Bíblia da mesma forma, mas eles estão aqui presentes em um bom número. E você, como um bom psicanalista, sabe da importância de mostrarmos consideração também pelos que baseiam sua fé nas Escrituras. Acho sinceramente, não estou sendo pejorativo nas minhas declarações, que seria mais do que justo, você apresentar aqui no blog, sua opinião bíblica sobre as perguntas que fiz. Mas entenderei perfeitamente se você decidir se esquivar do que perguntei. Porém, como eu disse, não posso mais continuar postando opiniões bíblicas aqui se não tenho um retorno, pois como o Senhor Jesus ensinou, preciso mendigar o espírito para ter minhas carências espirituais supridas.

    Um bom dia Pascoal e pessoal aqui do blog, e que Deus e Seu Filho continuem nos dando a oportunidade ampla de conhecer melhor a eles e seus pensamentos inspirados a cada dia mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao Anônimo 4 de janeiro de 2016 08:54.

      Não é questão de falta de argumentos e minha resposta foi bem clara nesse aspecto.

      Mas, gostaria de salientar que realmente não é obrigado uma pessoa se identificar, mas é muito cômodo as vezes tomar tal postura. Por que afirmo isso? Porque na realidade qual é seu verdadeiro posicionamento religioso? É uma Testemunha de Jeová? É apenas um simpatizante? Ou seja, na realidade o diálogo pretendido por você está a se transformar num discurso e aí um discurso "distorcido".

      O Blog é um espaço destinado a um tema específico e aqui o respeito as crenças e não crenças é observado. Os posts são voltados para situações em que dogmas fundamentalistas atentam contra a dignidade humana, ou seja, quando alguém pega a Bíblia ou qualquer livro dito sagrado e a usa num exemplo extremo para matar infiéis ou mesmo morrer recusando uma simples transfusão sanguínea.

      Uma vez foi perguntado a Dalai Lama qual a religião verdadeira e correta para se seguir. Todos esperavam ele elogiar a sua que é o budismo, mas ele simplesmente falou que a religião verdadeira é a que te faz melhor como pessoa e te faz melhor para com o próximo. É simples não é? Você ao contrário que se emaranhar numa rede complexa de textos bíblicos e legalismos impostos pela Torre de Vigia para tentar "provar" que biblicamente existe uma única religião certa no universo e por "coincidência" será as Testemunhas de Jeová. Será realmente um diálogo que você quer?

      A sua recusa de ir conversar num local mais apropriado (que seria o Fórum Ex-Testemunhas de Jeová) que foi criado para essa forma de conversa mostra na realidade que a fuga quem iniciou foi você, aliás nem classifico isso como "fuga", mas simplesmente o revelar de suas verdadeiras intenções.

      Fique a vontade para postar sempre seus comentários.

      Excluir
    2. Há dois dias que estou lendo o blog e os tópicos da página ex- Testemunhas, e simplesmente achei muito coerente, direta e verdadeira, só não consegui me registrar ainda rs eu sou ex- testemunha há 3 anos pedi renuncia por inumeros motivos, no meu perfil no face conto um pouco, cid_style@hotmail.com, quem desejar ler,tive um encontro muito forte hj sou Católica, me senti acolhida e tenho minha vida pessoal onde separo minha adoração a Deus do particular e cada cuida da sua própria vida, a Igreja diferente da seita das testemunhas, me sinto bem preenchida em todos os sentidos, porque a religião deveria ser algo entre o ser e Deus, não arbitrário e fazer com que soframos a ponto de perder a vontade de viver, achei maravilhoso esse blog sobre ajuda psicológica porque realmente todos que passam por ali não serão o mesmo, e sofrerão transtornos em todos os sentidos, amei pela página apoiar obra caritativa, a fé que tenho hj n me faz melhor que ninguém, mas alguém humana, isso q busco! Parabéns aos administradores e moderadores, um abç.
      Maria Carvalho

      Excluir
  14. Baita iniciativa! :D Se quiser, posso ceder o domínio ConsoloParaOsDeprimidos.org ou colaborar de alguma outra maneira. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Davi fique a vontade para colaborar. Aceitamos textos para a publicação no Blog e damos os devidos créditos. Qualquer coisa entra em contato comigo por e-mail:
      pascoalreload@gmail.com

      Excluir
  15. É... Imaginei, Pascoal, que sua resposta pessoal pudesse ter sido esta, e acabou sendo mesmo. Mais uma vez, fico triste por não encontrar respostas bíblicas, mas um teor pessoal e analítico humano nas observações. Não sei se percebeu, mas nunca usei suas frases para atacar você. Tentei um diálogo bíblico. Conheço muitas pessoas que deixaram de ser TJs, mas que, com equilíbrio, não declaram ser falso cada aspecto daquilo em que acreditaram ou divulgaram a outros. Todos aqui no blog que depositam sua confiança nas Escrituras, sejam elas de qualquer tradução que for, sabem que em toda a história relatada na Bíblia, houve momentos em que os sinceros erraram em seus conceitos sobre assuntos espirituais (ou religiosos). Mas quando adaptaram sua visão mental e prática - o que todos precisamos fazer - fizeram isso de forma serena, e com bases sólidas e equilibradas. Não quero que me interprete mal, Pascoal, sobre não ter me identificado aqui ainda. Sou TJ há uns 20 anos e realizo o chamado serviço de tempo integral há mais de 15 anos. Houve um dado momento, na minha pré-adolescência que eu acreditava nos ensinos delas porque meus pais me transmitiam esses ensinos. Diferente do que muitos pensam, eles são pessoas sinceras; sempre ajudaram os outros por motivação pura, e até hoje fazem isso! Porém, quando fui crescendo, vi a necessidade de eu mesmo estudar as crenças das TJs, pois como F. Franz e outros, também tive minhas crises de consciência. O que encontrei em minhas pesquisas? Vou resumir algumas delas no próximo post. Como essas pesquisas me influenciaram? Bem, achei algumas crenças não-alicerçadas nas Bíblia. Por ex., eu já entendi há alguns anos que nos tempos apostólicos não haviam o que hoje conhecíamos como superintendentes de distrito. Também vi que as coisas eram feitas de modo bem mais simples do que as TJs fazem em algumas coisas. Mas entendi, como disse acima, que isso também fez parte da vida de muitos homens e mulheres que viveram nos tempos bíblicos. Decidi não me tornar um revolucionário, como muitos decidiram; por ex. Lutero. Mas isso significa que contesto o que ele fez? Não. Não contesto; somente usei um direito que o Criador me deu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao Anônimo 5 de janeiro de 2016 11:19.

      Acredito que leu todas as informações que eu poderia te fornecer nesse espaço virtual, ou seja, minhas considerações bíblicas apenas se limitam a combater dogmas extremistas e fundamentalistas. Posso citar o absurdo de pessoas morrerem sem receber uma transfusão de sangue e de pessoas num passado recente das Testemunhas de Jeová morrerem por não aceitar vacinas e transplantes de órgãos, ou seja, os líderes das Testemunhas de Jeová "mudaram" um entendimento bíblico várias vezes e assim estão com culpa de sangue. Não se basearam na Bíblia, mas interpretaram ela a sua conveniência.

      Mas, uma vez reitero o convite de você ir para um local mais apropriado para debates, pois perceba a incoerência de sua parte que está querendo debater questões bíblicas num post que falo de psiquiatria. O local é o Fórum Ex-Testemunhas de Jeová e está de portas abertas para seu coração.

      Excluir
    2. sera que esse anonimo não vai honrar as calcas que veste não ?se identifica amigo ta faltando coragem ?

      Excluir
  16. Pascoal, acabei de escrever de todo o meu coração. Apesar de ainda não ter me identificado aqui (estou experimentando a profundidade do rio com o "primeiro pé"), gostaria de comentar algo sobre o que você escreveu em sua última resposta ao meu post...

    Você escreveu: "A sua recusa de ir conversar num local mais apropriado (que seria o Fórum Ex-Testemunhas de Jeová) que foi criado para essa forma de conversa mostra na realidade que a fuga quem iniciou foi você, aliás nem classifico isso como "fuga", mas simplesmente o revelar de suas verdadeiras intenções."

    No objetivo do seu Blog, abaixo, você escreve: "Esse espaço é para um diálogo construtivo... agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório) ao postar o usuário se identificar!"

    Meus comentários sobre sua resposta acima são:

    Não me recusei a ir para o fórum que vc recomendou. Afinal, vc tem como saber se não sou mesmo cadastrado lá? Você declara ser uma "fuga" minha o 'revelar de minhas verdadeiras intenções'. Vc questionou se sou realmente TJ quando, desde o início, eu já disse que sou. O fato de não me identificar ainda é um direito que vc dá a todos nós aqui do blog; estou utilizando esse direito. Mas poderei me identificar no futuro após me sentir seguro disso. Portanto, peço, com base em seu próprio objetivo do blog, que reavalie sua posição declarada e que, se for de sua vontade, se retrate pelo que disse, publicamente.

    Porém, peço sua autorização para ainda escrever aqui alguns resultados de minhas pesquisas, e espero que você possa avaliar com ampla bondade o que tenho a revelar ao pessoal do blog.

    Agradeço sua franqueza, e solicito a análise imparcial do que estou declarando por meio de minhas palavras aqui deixadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao Anônimo5 de janeiro de 2016 12:04

      Mas, uma vez reitero o convite de você ir para um local mais apropriado para debates, pois perceba a incoerência de sua parte que está querendo debater questões bíblicas num post que falo de psiquiatria. O local é o Fórum Ex-Testemunhas de Jeová e está de portas abertas para seu coração.

      Excluir
  17. Boa tarde Pascoal! Sou o Anônimo 28 de dezembro de 2015 23:25

    Acima, encontramos a seguinte declaração, muito bem baseada e defendida por seu ponto de vista:

    "Respeitamos e lutamos pelo direito de liberdade religiosa e de crença. Atuamos contra as intolerâncias religiosas para garantir o direito constitucional das pessoas terem crenças que realmente visam a construção de um cidadão responsável perante a sociedade e perante Deus".

    Assim, quando fazemos posts defendendo a crença nos ensinos bíblicos, você os coloca na área pública?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao Anônimo 6 de janeiro de 2016 17:32,

      Se você ler outros artigos aqui do Blog vai perceber que todo comentário não ofensivo e que não seja apenas no intuito de "trollar" o ambiente é devidamente autorizado.

      Obviamente uns serão com mais rapidez e outros posso demorar alguns dias, pois depende do meu tempo.

      Excluir
    2. Ao Anônimo 6 de janeiro de 2016 17:32

      O Blog tem assuntos variados, mas voltados para as denúncias de fundamentalismos religiosos da Torre de Vigia.

      Se o artigo abrir precedentes para uma defesa bíblica ela poderá ser publicada. O que eu não posso e nem vou fazer é publicar algo que não tem haver com o tópico criado.

      Excluir
  18. Ola PASCOAL como ja tivemos contato pelo seu blog a respeito da mídia que agora nos facilita a respeito. Da liberdade de aceitar,ou não determinado dogmas religiosos.da ultima vez voce me disse,que esta diminuindo,devido a internet muitos ja estão pensando e analisando melhor sobre a seita. Fiquei sabendo que naquela enorme gráfica em cesario LANGE que 1200 que lá viviam foram dispensado para saírem pregar de porta em porta,ficando só uma minoria para trabalhar na gráfica e que tambem esatão vendendo um salão do reino aqui na cidade.um abraço me escreva respondendo se leu a mensagem obrigado.

    ResponderExcluir
  19. Pascoal Naib,

    Você, que defende o direito à liberdade de expressão religiosa sem fundamentalismos, colocará ao público meus comentários sobre a pesquisa bíblica que fiz com o coração sincero, ou omitirá a informação, assim como argumenta que o Corpo Governante faz?

    Ou se você já colocou meu comentário à vista, em que coluna ele foi exposto aos leitores de seu blog?

    Aguardo sua resposta, não em palavras, mas em atitudes.

    Anônimo de 28 de dezembro de 2015 23:25

    ResponderExcluir
  20. O môço de 28 de dezembro,parece que esta querendo disputar a biblia com voce teocratiicamente,que barato é esse,PASCOAL eu acho que ele não entendeu seu propósito.voce esta mostrando na internet a respeito oque é uma organização religiosa,com suas profecias falidas,na qual voce até processou.um abrraço e CONTINUE COM SUA EMPREITADA..

    ResponderExcluir
  21. Testemunha de Jeová, tesmunha de jeovà sem igual, apesar das decepções o mas importante é servir o unico Deus verdadeiro Sim Jeová. Mesmo no passado existiram apostatais. Hoje não é diferente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser testemunha de Jeová já é uma apostasia, pois afirmam servir o único Deus verdadeiro( como se existissem deuses falsos...) e o que fazem em verdade é servir uma empresa religiosa americana; A Torre de Vigia Corporation. Vendendo ao mundo uma imagem de família de comercial de margarina... haaa, quanta falta de verdade, quantas dores ocultas, quantas esperanças vãs...como eu os lastimo.

      Excluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!