sábado, 17 de março de 2007

Ele dizia que cada pessoa é um líder, que pode dar exemplos que inspirem os outros. Isso acontece quando deixamos aflorar uma qualidade que todo ser humano tem: a CORAGEM. Coragem para estimular os valores universais, criando o bem-estar coletivo. O início da não-violência começa na gente. Ela acontece quando seguimos a simples e difícil lição: não faça ao outro o que você não gostaria que fizessem com você. Gandhi desenvolveu o conceito de jejum mental porque acreditava que os pensamentos são muito poderosos e que não adianta só fazer jejum de alimentos para purificar o corpo, se ele não é acompanhado do jejum de idéias. Isso significa parar de cultivar e alimentar a mente com pensamentos negativos ou desequilibrados, de emitir julgamentos o tempo inteiro e ficar alerta para que nosso coração não seja consumido por preconceitos. (Texto de João Signorelli)


Categorias:

0 comentários:

Postar um comentário

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!