quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Bom, quem assistiu esta animação, sabe que nosso querido Buzz tem uma convicção talibânica de que ele seja realmente um Patrulheiro Espacial, o adesivo no seu braço direito é um moderno computador de bordo, seu ledzinho que pisca é uma perigosa arma laser e sua caixa de papelão é uma nave propulsora movida à fusão do cristal e assim por diante, por mais que Woody, seu amigo “apóstata” se esforce insistentemente, Buzz se recusa a acreditar que ele é somente um brinquedo, assim como todos no quarto do Andy. Podemos dizer que nesta analogia, Buzz representa as Tjs com seu inexplicável otimismo, e o pobre Woody a típica figura do “apóstata” que mente cruelmente a fim de esconder a verdade, ah... o comando estelar pode ser a STV, e o inimigo da aliança galáctica e imperador do mal Zurg, pode ser Satanás. Muito bem, assim como o Buzz toda Tj acha realmente que faz parte de algo maior, que ela é diferente e superior ao resto da humanidade. Sua organização é o “carro celestial de Jeová”, seus líderes são os “escolhidos" de Deus para reinarem com cristo no reino de Deus e suas publicações insípidas e repetitivas, são o “alimento no tempo apropriado”. Toda Tj se recusa a acreditar que ela não é tão especial assim, que ela é normal, tanto quanto qualquer outro ser humano.
Não dá para deixar de notar a nítida diferença entre Buzz e os brinquedos normais, por exemplo, logo no inicio o Sr. Cabeça de Batata, pergunta para Buzz de onde ele é, veja a resposta de Buzz: “Estou lotado no quadrante gama do setor 4, e como membro da unidade de elite de proteção do universo dos patrulheiros espaciais, eu protejo a galáxia contra invasão do imperador do mal Zurg, inimigo jurado da Aliança Galáctica” Agora a resposta do Sr. Cabeça de Batata: “É mesmo? Eu sou da Zona Franca”.
E quando algum fato evidencia que a Tj esta errada? Como sempre, uma resposta pré fabricada vem à tona. Por exemplo, numa das partes do filme, cria-se a seguinte duvida: Se ele é mesmo um patrulheiro espacial, onde então ele estava antes de chegar ao quarto do Andy? Notem a resposta do Buzz: “Minha nave saiu de curso na rota para o setor 19, fez um pouso forçado num planeta estranho, o impacto deve ter me acordado do hipersono”. É interessante notar também os jargões que as Tjs usam, elas tem um tipo de linguagem própria, que é difícil para uma pessoa normal entender, e o Buzz também tem, vejamos: Faixa de ligação unidirecional = Fita adesiva Dispositivo explosivo = Dinamite Câmera de compressão = Porta automática Transportador vertical = Elevador.
Todos nós que abandonamos esta organização já nos sentimos como Buzz quando assistindo a um comercial na tv, descobre por si só que ele, assim como Woody, é na verdade só um brinquedo, que não é tão especial assim, veja o que ele disse, depois de levar uma bofetada de Woody, por estar embriagado com o chá da Dona Marocas: (Falando calmamente) "Desculpe eu... você tem razão, eu fiquei um pouco deprimido só isso. Eu vou superar" (Gritando e se jogando ao chão) "Ai, eu sou uma fraude!!! Olhe só para mim, não posso nem voar pela janela, mas o chapéu tá bonito, diz que tá bonito, o avental é legal eu não gosto da cor, mas o chapéu... Anos de treinamento jogados fora” É, todos nós já nos sentimos como o Buzz.
Uma outra triste realidade que esta alegoria encerra é que, assim como o Buzz descobriu a verdade por conta própria, a experiência mostra que embora haja elogiáveis esforços de ex-Tjs para se desmascarar esta organização, na grande maioria dos casos, a posição de uma Tj só depende dela mesma, parece que a vergonha de admitir que foi um idiota durante tanto tempo acreditando em coisas tão sem fundamento, acaba porfim sendo maior que a própria razão. Mas será que ser um “patrulheiro do espaço” é melhor do que ser um simples “brinquedo”? Veja a conversa entre Woody e Buzz no final do filme: Woody: Venha aqui e veja se consegue tirar essa caixa de cima de mim, eu preciso de ajuda. Buzz: Não posso ajudar, não posso ajudar ninguém. Woody: Claro que pode buzz, me tire daqui, eu tiro o foguete de você e vamos para a casa do Andy. Buzz: Casa do Andy ou do Sid, qual é a diferença? Wood: Ora, Buzz você sofreu uma queda, não esta raciocinando direito. Buzz: Não Woody, pela primeira vez eu estou raciocinando direito, você tinha razão em não sou um patrulheiro do espaço, sou apenas um brinquedo idiota feito em Taiwan. Woody: Mas ser brinquedo é bem melhor que ser patrulheiro do espaço, olha... naquela casa tem um garoto que pensa que você é o maior, e não é porque você é um patrulheiro do espaço, é porque você é um brinquedo. Quem dera as Tjs um dia, assim como nosso querido Buzz Lightyear se libertassem de seus medos e superstições. Porque por mais que a verdade seja menos empolgante, ela é sem duvida, melhor que a mentira


Categorias:

2 comentários:

  1. se as TJs estão erradas, então quem esta certo?

    ResponderExcluir
  2. Essa divisão de certo e errado diminue e muito a questão de se ver e viever a vida. Procure primeiro descobrir o que vc achava ser certo e se existem outras opiniões sobre esse assunto. Crescemos quando percebemos que a VERDADE vai depender muito do ponto de vista.

    ResponderExcluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!