segunda-feira, 11 de abril de 2011

http://www.youtube.com/watch?v=0o4fVWTXv7k&feature=player_embedded

Créditos totais ao amigo "Estudante da Bíblia".


Categorias:

22 comentários:

  1. AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ NÃO TEM CULPA DE TER UMA PESSOA QUE NÃO SEGUE CORRETAMENTE AS LEIS DE DEUS , SE AQUELA PESSOA DESIDIU FASER ISSO ELA NÃO TEM O DIREITO DE CULPAR AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ.

    ResponderExcluir
  2. EU ACHO QUE RELIGIÃO NÃO TEM NADA HAVER COM ATITUDES DE UMA PESSOA CUJO OS ESPECIALISTAS JÁ DISSERAM SER DOENTE...PSICÓTICO...O FANTÁSTICO MANCHOU SEM NECESSIDADE O NOME DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ...RELIGIÃO NÃO TEM NADA HAVER COM ISSO, SE FOR LEVAR PRA ESSE LADO...95% DOS CRIMINOSOS SÃO CATÓLICOS E DAÍ?...VC ENTRA EM QUALQUER PRESÍDIO E O QUE MAIS TEM SÃO IMAGENS DE SANTOS, CRUZES, ETC...COISAS LIGADAS AO CATOLICISMO...RELIGIÃO TEM QUE SER ISOLADA, DAS ATITUDES DAS PESSOAS PRINCIPALMENTE NUM CASO TÃO SÉRIO COMO ESSE....

    ResponderExcluir
  3. Reconstruir a personalidade do assassino é essencial, principalmente para, quem sabe, profissionais da educação e saúde elaborarem diretrizes que venham a identificar pessoas problemáticas, tratá-las e evitar que novas tragédias se repitam.

    O fato dele ter frequentado a seita Testemunhas de Jeová, conhecida por ser castradora, apocalíptica e por expulsar membros e humilhantemente condená-los ao ostracismo tem TUDO A VER com o assassino. São alguns dos tijolos que podem ter construído esse monstro.

    O fato do superintendente ter MENTIDO DESCARADAMENTE é grave e pode atrapalhar as investigações.

    Eu não acho que a religião possa ser culpada ou apontada como causa, nada disso, mas pode ter sua parcela de culpa, assim como os moleques que abusavam dele na escola.

    Então, não delire meu amigo, só quem foi criado como TJ, foi abusado e humilhado pelo colegas por ser "diferente" pode dizer o quanto isso pode ser terrível. Se afeta pessoas com mentalidade normal e boa estrutura familiar, imagine então o que pode ocorrer numa mente já doente e ser estrutura nenhuma dentro de casa.

    Se a seita é tão pura e honesta quanto prega, que deixem que os profissionais da saúde e da polícia cheguem às conclusões pertinentes, sem mentir e criar obstáculos.
    polter.

    ResponderExcluir
  4. Não adianta a liderança das TJ tentar desmentir com mentiras.
    Só uma coisa podem fazer se é que a liderança de Betel já não mandou os anciãos destruir a única prova de envolvimento com o grupo, a destruição do arquivo de publicadores!
    Seria a maior baixaria recorrerem a esse tipo de prática com o intuito de esconder da sociedade a verdade a cerca do envolvimento de Welington com as TJ.
    Yousef.

    ResponderExcluir
  5. Exato. E vale lembrar que o censo do IBGE sempre aponta um número maior de praticantes da religião das Testemunhas de Jeová do que os dados fornecidos pela Torre. Isso porque, para o governo, não importa se todos são batizados ou não, mas quantos na família adotam aquela religião como sua. E há elementos suficientes para afirmar que sim, Wellington em algum momento de sua vida tanto era identificado pelos outros como também identificava a si mesmo como testemunha de Jeová.
    Jerry.

    ResponderExcluir
  6. -Ele não participava de brincadeiras com os colegas!
    -Ele vestia roupas diferentes com blusa por dentro da calça e usava uma pastinha pendurada no ombro!
    -Não se aproximava das meninas era na dele!
    Até parece que estão falando de mim na época do colégio! todos que foram e são criados como TJs agem exatamente igual a ele pois somos criados para ser diferente do "mundo" não é mesmo?
    Gerri.

    ResponderExcluir
  7. Se as Testemunhas de Jeová não considerassem seus filhos não-batizados como membros da seita, por que se importariam em fazer brochuras explicando a professores sobre o que seus filhos podem ou não fazer na escola? Não estão assim identificando seus filhos - mesmo os não-batizados - como Testemunhas de Jeová, e que por isso necessitariam de um tratamento diferencial?
    Jerry.

    ResponderExcluir
  8. O que estranhei ontem no Fantástico é que afirmaram várias vezes que o bullyng e a religião não tiveram nada a ver com o que aconteceu. A mensagem transmitida ao povo era de lavar as mãos, tipo "ninguém teve NADA a ver com isso", somente o maluco era o responsável pela tragédia.

    Acho nociva essa postura de lavar as mãos da sociedade. Deveriam ter aproveitado essa tragédia para incentivar os jovens nas escolas a serem mais gentis e compreensivos uns com os outros, pois se o Wellington tivesse sido tratado com gentileza e dignidade é provável que ele jamais dirigisse sua mente para os delírios de assassinato em massa e suicídio.

    Evidentemente, ela já tinha uma tendência para o desequilíbrio, mas não vejo como isentar aqueles que o torturaram por anos na escola.

    A professora de uma das turmas atacadas foi totalmente incoerente. Afirmou que nunca tinham tido problema de violência na escola, que a escola era tranquila. Ora, se fizerem o que fizeram com o Wellington e ninguém intercedou, ninguém parou com aquilo, é óbvio que a escola não era esse mar de rosas que a professora anuncia. Havia espinhos pontiagudos nessa escola e ninguém tomou providências para defender os que estavam sendo feridos. Dar descarga com a cabeça do rapaz enfiada na privada não é pouca violência. Jogar o rapaz no lixo não é coisa leve e inocente.

    A escola e a sociedade deveriam, sim, assumir sua parcela de culpa pela tragédia. Só assim se diminui a possibilidade de que outros Wellington direcionem seu transtorno para semelhante explosão e vingança.

    Quanto aos efeitos da religião Testemunhas de Jeová, é possível que tenha contribuído para sua confusão mental, mas também é possível que tenha ajudado a controlar seu comportamento. A mãe biológica era doente mental. Qual seria o destino dele se não tivesse sido adotado pela Testemunha? Foi somente após a morte da mãe adotiva que ele "se perdeu" de vez. Parece que essa mãe adotiva o mantinha, em alguma medida, no mundo dos homens.

    Quer dizer, é impossível a gente fazer uma análise imparcial do quanto o ambiente religioso ajudou ou prejudicou esse rapaz.
    Parksouth.

    ResponderExcluir
  9. Gente o rapaz era esquisofrenico porque herdou a doença da mãe biologica sofreu bulling na adolescencia e ainda era adepto do islamismo fundamentalista , é claro que iria dar nisso mesmo , mais acho que a religião das testemunhas de jeová não teve nada a ver com isso ele já tinha a mente doente desde antes da mãe dele morrer já que pessoas que conhecia ele disseram que ele era fissurado em ataques terroristas desde o 11 de setembro , concordo com o amigo aí de cima acho que a escola foi omissa na formação desse rapaz , e que o verdadeiros culpado dessa tragédia é a sociedade que não respeita , que não tolera quem é diferente ,

    ResponderExcluir
  10. Antes de julgar se o rapaz era dessa ou daquela religião, precisamos considerar que todos somo imperfeitos e PECADORES. Portanto, nesse mundo que vivemos governado por Satanás, qualquer ser humano que sofra influências do que é mau, pode sofre e fazer o que Wellington Menezes fez. Inclusive coisas piores, se é que consideremos algo pior do que foi feito!!!

    ResponderExcluir
  11. Sou ex tj a uns 06 anos e desde que vi a primeira chamada da materia sobre um assassino eu sabia que ele era ex tj. Assim como todos os que desistem de esperar o fim. E tudo verdade quem das tj não sofreram bulling e desejou matar a escola inteira eu sei por experiencia propria que os piores momentos da minha infancia e até a adolescencia era a escola... acreditem hj tenho quase 30anos e ainda odeio escolas fico doente so de saber que nas eleições terei que entrar numa sala de aula para votar. Mas dai a apoiar a ação dele é outra questão... apenas acho que sinceramente quem foi tj durante a infancia carrega algum fardo. Outro fator que observei é que mesmo assim a familia que ainda não reconheceu o corpo e acredito que nem vá identifica o amor fraterno que ha apenas enquanto o membro da familia é tj... eu passei maus bocados e minha familia não deu a minima... este foi só um caso. Mas seguimos assim sendo ex tj.

    Um forte abraço... desejando que os que são ex tj vejam este caso pela otica correta... ou mantenham se neutros, nós sabemos que existe um mundo perfeito aos olhos tj e há um mundo além dele.

    ResponderExcluir
  12. Tenho 18 anos, e sou Tj. Nunca passei por bulling. Sou muito feliz na escola e no trabaho. Tenho amigos nesses lugares e nunca tive problema.
    Estamos em pleno sec. 21 aceitam gays e todos os tipos de pessoas e acho que deveriam respeitar a religiao do próximo. Pergunto: Se ele fosse catolico,como a maiori dos bandidos, vcs iriam cair em cima assim. Vc's ja foram Tj e hj vivem para atrapalhar quem é;
    Se aproveitam do tema: "bulling" para falar mal.
    Os tj nao levaria culpa se eu saisse matando todo mundo p ai, nao é a religiao q faz as pessoas e sim a sua personalidade juntamente cm os mandamentos de deus que sao descritos na biblia, cabe a cada um de nos ver ql religiao q segue exatamente o que a biblia diz.

    ResponderExcluir
  13. Li os artigos do seu blog, para me informar sobre as normas das TJ. Motivo: escrevi um artigo no meu blog e levantei algumas hipóteses a respeito da formação religiosa de Wellington Oliveira, ocorre que alguns fanáticos deixaram comentários digamos infelizes e indelicados e francamente não imaginava que esta fosse a postura das TJs.Pessoas agressivas, grosseiras e não imaginava que o ensinamentos levassem as pessoas a este ponto, a esta agressividade.Onde pretendem chegar com este comportamento?

    ResponderExcluir
  14. Infelizmente Tânia isso é uma prática comum aqui também. Tenho que fazr uma seleção das postagens, pois se deixasse aberto os palavrões e agressões iriam imperar. O problema todo é que as Testemunhas de Jeová se acham o único povo escolhido de Deus e o restante pertence ao Diabo, ou seja, a mesma conversa vista no assassino de puros e impuros.
    O nosso Blog, não afirma ou aponta a religião como culpada da tragédia, mas que suas doutrinas em muitos casos, pode levar a construção de uma identidade reprimida e maniqueísta!

    ResponderExcluir
  15. Pois é, anônimo de 18 anos, é exatamente por colocações como a que tu fizeste que as tjs sofrem discriminações diversas. Tu encerras o teu texto afirmando que as tjs são as que seguem exatamente o que a Bíblia diz correto? Pois bem, vou citar apenas uma. Marcos, 16:15 (Jesus falando)" ...e ser-me-eis testemunhas, tanto em..." Jesus disse que, na "nova aliança", deveríamos ser testemunhas DELE, e não de Jeová. Voces fazem isto?
    mano.

    ResponderExcluir
  16. Amiga Tania e Pascoal , boa tarde |||

    A minha opinião ; é que muitos de nós generalizamos as coisas . Toda religião tem suas leis , principios , regras e normas . Os adeptos
    que a seguem devem saber. Nas TJs não é diferente. Os ensinamentos da Torre de Vigia tem
    por objetivo proteger os seus membros, e não prejudicá-los . O que noto é que o Sr. Pascoal ver somente os pontos fracos e negativos das TJs. Reflexão : Será que esta religião não tem qualidades e virtudes ?
    Este rapaz ( Wellington ) nunca foi TJS batizado . Sua mãe adotiva era TJs. Ela não tinha nenhum grau de parentesco com ele. Por ela ser bondosa e amorosa criou este rapaz. E ele , quando criança a acompanhava nas reuniões . Repito : Ele nunca foi TJs batizado .
    Uma pessoa somente é Testemunha de Jeová , quando começa sair no Ministerio de casa em casa sendo batizado ou não . Se ainda não for batizado e a pessoa deseja sair no ministerio ; está se identificando como TJs . E este jovem nunca saiu no ministerio . O Sr. Pascoal sabe disso ; tenho certeza .

    Outro assunto : Com respeito a desassociação . Quando uma pessoa é desassociada ; o que é cortada são os vinculos espirituais e não sociais , morais e familiares . Os membros da congregação são exortados a não falarem assuntos espirituais com esta pessoa .
    Em toda e qualquer Instituição há os bons e maus individuos . O que não é permitido são os maus . Isso acontece nas religiões , na politica, nas empresas , em orgãos federais , estaduais e etc . O que nós devemos defender são essas Instituições .

    Até outra oportunidade .
    Aguardo retorno .

    =================================================

    ResponderExcluir
  17. Toda instituição social tem que ter regras e com certeza os participantes tem direitos e deveres.
    Porém, a desassociação é abusiva, destrói famílias e incita a discriminação religiosa.

    ResponderExcluir
  18. feliz daquele,se todos fossem como os testemunhas de JEOVA.DEDICADOS a DEUS E AO SEU POVO.Passam de porta em porta falando sobre DEUS são xingados,humilhados não fazem mal a ninguem nao critica nenhuma religiao,e ainda são ruim?E OH ! QUEM SALVA A PEESSOA É O CORAÇAO,E NÃO RELIGIÃO,E QUEM FALA MAL DOS OUTROS E DA SUA RELIGIÃO É QUE SÃO BONS???ANTES DE FALAR ALGO QUE NÃO TEM CERTEZA ,FICA DE BOCA FECHADA QUE É MELHOR.O MAIOR PECADADO É O QUE SAI DA TUA BOCA.ENTÃO ANTES DE FALAR OU CRITICAR ALGUEM,ORE QUE É BEM MELHOR.

    ResponderExcluir
  19. ao anonimo ou anonima tejotinha que vive atras do anonimato presta bem atenção quem salva e meu Deus JESUS CRISTO.voce ta mentindo quando diz que e o coração que salva, voce aprendeu mentir com seu lider superintendente né.e conhecerei a verdade e a verdade te libertara.o meu DEUS CRISTO e a verdade!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  20. Sr. Pascoal , bom dia |||

    Concordo com voce em parte em afirmar que a Desassociação destroi famílias . Sei tambem que dentro da organização existem os extremistas . Mas a Organização ela é transparente e ao mesmo tempo rígida em seus preceitos . Vou citar duas situações .
    1ª - Houve um caso de um irmão ser funcionario de uma empresa cujo proprietario era outro irmão . Em um determinado tempo o proprietario foi desassociado ; e o funcionario ( irmão ) continuou trabalhando na empresa . Este irmão foi alertado a ter contato com o ex-irmão (dono ) somente em assuntos profissionais .
    2ª - Em uma familia onde o marido é desassociado ; e sua esposa volta a ter relações sexuais com ele - já é base para o perdão ; ou seja , ela já o perduou . Mas se ela decidir pedir divorcio ; é decisão dela . Para Deus , apartir do momento do ato sexual já houve o perdão .
    Todos esses e outros assuntos são publicados e explicados em revistas . Torno a lhe dizer que a Desassociação corta somente os laços espirituais e não maritais , sociais , profissioanais etc.
    Nós sabemos que existem os perfeccionistas dentro dos muros da Torre de Vigia .
    Com respeito ao anônimo acima . gostaria de lhe afirmar que não é somente o povo de jeová que será salvo . Por que ? cabe a Deus julgar . Na Biblia se menciona que os homens vê pela aparencia e Deus vê o que há no coração . Que os homens julgam incorretamente e Deus julga corretamente . Veja o caso de Davi . Se Deus tivesse permitido algum homem julgar Davi ; o mesmo teria sido morto imediatamente ; mas Deus foi quem o julgou . Está publicado em revista . Será que as outras pessoas em suas determinadas religiões tambem não serão salvas ? Será que somente o povo de jeová ? Vamos deixar nas mãos de Deus ; esta decisão .

    = Finalizo =

    ResponderExcluir
  21. Sou ex testemunha de jeová e apesar de não seguir mais a religião, respeito. O que observei aqui são pessoas emitindo comentários sem nenhum respeito. Cada um tem o direito de decidir que religião seguir, como se comportar. Esse caso do fantástico.....Me polpem!!!Sem comentários...Esse cara é um maníaco...e isso n tem nada haver com religião.
    Garanto a vcs....apesar de não ser mais testemunha de jeová há 15 anos e não pretender voltar a ser. O que aprendi através do estudo bíblico e reuniões foram fundamentais em minha formação enquanto ser humano. Sou uma pessoa de bem e aprendi a respeitar as diferenças.
    Deixem cada um viver sua vida como quer. Respeito com relação a cor, religião, sexualidade, diferenças em gerais. RESPEITO...essa é a palavra chave

    ResponderExcluir
  22. Na congregação Testemunha de Jeová que eu frequentei tinha 6 pessoas psicóticas, inclusive duas já tentaram o suicídio. Dava pena de ver. Todos eles já nasceram dentro da religião. Um dia eu fui na casa de um parente e acabei indo a uma festa na casa de uma jovem linda, amiga deles de congregação. Quando perguntei o motivo da festa soube que ela tinha saído um dia antes de um hospital psiquiátrico, pois tinha tentado o suicídio e os amigos iam animá-la nesta noite. Então pensei. Que religião é essa que ao invés de dar a vida abundante que Jesus prometeu, somente dá este desespero nestas pessoas a ponto de ficarem dementes e até quererem morrer? O que mais tem nesta religião testemunhas de Jeová é maluco. Aliás alí é uma fábrica de malucos. É lamentável porque são pessoas tão sensíveis, bem vestidas, bonitas, mas a cabeça delas...não consigo explicar o que acontece depois que se submetem a fazer estes estudos dos livros do corpo governante e aprender as regras da seita. Até o meu parente que era tão extrovertido, amigo das pessoas, da família, agora é estranho, suas ações não demonstra mais sinceridade e equilíbrio.

    ResponderExcluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!