sábado, 30 de abril de 2011


Os filhos do fotógrafo Agustí Centelles (Sergi e Octavi), reclamam mais de 90.000 euros às Testemunhas de Jeová pela publicação, em 1994, de uma foto de seu pai da Guerra Civil na revista religiosa "A Sentinela" sem licença para divulgação, sem especificar a autoria e tendo retocado a imagem. 
Trata-se da célebre fotografia "Mater dolorosa", que Centelles (Valencia, l909 - Barcelona, 1985) fez após o bombardeio da cidade de Lleida no ano 1937. Nela aparece uma mulher chorando desconsoladamente junto ao cadáver de seu marido no cemitério da cidade. 

Segundo tem explicado a Efe Octavi Centelles, esta imagem foi publicada em 1994 na revista "A Sentinela", editada pelas Testemunhas Cristãs de Jeová, que distribuíram 16 milhões de exemplares em todo mundo e em 115 idiomas, com uma posterior edição como livro encadernado. 
A fotografia, que chegou a uns 150 países, como México, Canadá, Austrália, África do Sul, Estados Unidos, Filipinas e Japão, foi publicada sem licença, nem permissão de divulgação e foi ademais "mutilada" sem autorização. Octavi Centelles assinala, neste sentido, que o fundo da fotografia foi modificado e a imagem recortada, ao mesmo tempo que se omitiu a autoria da foto. 
Ainda que a fotografia tenha sido publicada na revista "A Sentinela" em 1994, somente em 2009, a família Centelles descobriu esta irregularidade graças à advertência de um anônimo que denunciou o fato em um FÓRUM DE EX MEMBROS das Testemunhas de Jeová. 
Os filhos do fotógrafo, asseguram que têm tratado de chegar a um pacto extrajudicial com as Testemunhas de Jeová para pôr fim a este conflito, ainda que a congregação (Torre de Vigia) tenha ignorado até agora suas "justas reclamações" e "não se tem tido um diálogo para se chegar num acordo, para corrigir esta situação". A demanda interposta pela família, pois, segue seu curso e o próximo 12 de maio se realizará a vista prévia do julgamento.

Sergi e Octavi Centelles estão tramitando diferentes ações judiciais, com um "importantísmo custo", através de advogados nos Estados Unidos, México, Reino Unido e Alemanha, e têm previsto também reclamar na França, Itália, Brasil, Colômbia, Japão e em todas as sedes onde a sociedade das Testemunhas de Jeová imprimiu a dita revista.
Fonte:


Categorias:

0 comentários:

Postar um comentário

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!