quarta-feira, 1 de janeiro de 2014



Para toda Ex-Testemunha de Jeová é vital agradecer a esse casal humilde e corajoso que resolveu sair da Organização das Testemunhas de Jeová e denunciar os abusos, intolerâncias e fanatismos religiosos que aconteciam no que se pode chamar a "cúpula" das Testemunhas de Jeová ou como é conhecida entre seus adeptos: o Corpo Governante.
Quem nos visita e não entende perfeitamente o funcionamento da denominação religiosa Testemunhas de Jeová, o Corpo Governante é formado por homens experientes que tomam todas as decisões espirituais que vão ser repassadas para todas as Testemunhas de Jeová no mundo, ou seja, podemos dizer que suas figuras representam o poder máximo dentro da denominação religiosa em questão, assim como o Papa é a figura central no catolicismo.
Imaginem agora um "Papa" renunciando seu cargo e logo depois alertando a todos sobre os graves problemas e "pecados" que ocorrem dentro da cúpula católica? Assim foi com o casal Raymond Franz e Cynthia Franz que apesar da idade avançada não se permitiram ficar num local em que a fé estava sendo desvirtuada e usada para oprimir em vez de consolar.
Raymond Franz faleceu no dia 02/06/2010 e agora sua esposa Cynthia falece no dia 31/12/2013.
No Fórum americano de Ex-Testemunhas de Jeová foi dado o seguinte depoimento sobre ela:
"Cynthia foi uma das pessoas mais humildes, acolhia a todos, até mesmo os "novatos" em Betel. Trabalhei com ela em Betel, no mesmo andar, era uma dona de casa, enquanto estava por lá, às vezes tomávamos um cafezinho bem rápido, e gostava de ouvi-la e observá-la que nem parecia ser uma "esposa de um membro do Corpo Governante". Ela amava as pessoas, amava e nunca deixou de ser uma missionária. Em nenhum momento se intimidava. O amor e apreço de Ray por ela sempre foi evidente. Como da mesma maneira dela por ele".
Créditos da foto: site Testemunhas.
Créditos da informação e depoimento: Fórum americano.
Créditos para a tradução do depoimento: forista Paul.


7 comentários:

  1. Raymond Franz foi desassociado das TESTEMUNHAS DE JEOVÁ, hoje ele é um SEMI-DEUS para os APÓSTATAS E RELIGIÕESA FALSAS. O diabo continua trabalhando na vida de vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Raymond Franz é um semi-deus para as EX-TESTEMUNHAS DE JEOVÁ, assim como o Corpo Governante sao semi-deuses para VOCES.

      Excluir
  2. Eu acho que quem tem que julgar deus não ex testemunhas, eu sai da organização, mas sempre vou dizer a organização e limpa, não e que alguns erra que todos são ,

    ResponderExcluir
  3. Acho interessante a atitude dos promotores dos livros de R.V. Franz ! Embora muitas informações sejam de natureza incontestável, essas pessoas nunca incentivam uma análise crítica das duas obras assim como fazem exaustivamente com as publicações da organização. Fica a dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já está entranhado em suas mentes a não examinar as coisas se são realmente assim..por isso eu, da minha parte, desisti de tentar argumentar logicamente com meus amigos dentro das congregações TJ onde frequento pois, por mais que eu use da lógica, eles sempre irão dizer que a "verdade" está com eles e se eu quiser insistir, entrarei numa rota de colisão que fará com que as coisas fiquem ruins. O jeito é levar as coisas do jeito que são e ir levando, pois de tomar uma decisão radical, o preço é muito caro e poucos, creio eu , estão dispostos a pagar.

      Excluir
  4. Homens iníquos falam e escrevem o querem, não tem qualquer freio do que concebem sobre as testemunhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Homens que sabem a verdade são iníquos é? As TJs são ótimas pessoas, empregados, pais e mães em sua grande maioria porém, não existe liberdade de pensamento, de forma que tudo o que vem das elites dirigentes não podem em hipótese alguma ser contestados ou postos em dúvida e, se existirem dúvidas, as Tjs são incentivadas a "esperarem em Jeová" ou seja, que surja uma "nova luz" de Brookyn que coloque aquela dúvida como resolvida.

      Excluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!