domingo, 5 de janeiro de 2014


Estou aqui para expor minha revolta e indignação pela primeira vez, pois com 15 anos eu tive Leucemia e minha família e eu éramos Testemunhas de Jeová. Quando eu adoeci, meus familiares se responsabilizaram de negar aos médicos transfusões que seriam cruciais para meu tratamento, porém eu me encontrava muito debilitada e não fui questionada momento nenhum sobre minha vontade. Hoje estou aqui para contar essa história por que foi requerida uma ordem judicial para que eu realizasse o tratamento e ESTA SALVOU A MINHA VIDA.
Bom quais os princípios que usaram para me convencer a recusar o sangue por conta própria depois que já havia um ordem judicial obrigando a fazer o tratamento?
Fui visitada minutos antes de começar, por dois representantes Testemunhas de Jeová. Apesar de bem debilitada, fui alertada sobre os perigos de se cometer um pecado de sangue. Afirmaram que eu NÃO herdaria o "reino de deus" e NÃO iria ser ressuscitada no futuro paraíso terrestre, mas se eu recusasse o sangue até a morte, eu morreria vitoriosa e seria ressuscitada para uma vida eterna e perfeita, assim como muitos outros jovens cristão haviam feito. Me instruíram a juntar todas minhas forças e fazer o que estivesse ao meu alcance para não receber o sangue, como sair correndo ou gritar, inclusive foi-me dito que em uma transfusão eu deveria reagir como se estivesse sendo ESTUPRADA. 
Bom agora eu me deparo com uma reportagem que conta a história de um um bebê recém-nascido que morreu após a avó recusar que fosse realizada uma transfusão de sangue, visto que sua mãe era menor de idade e não poderia responder pela criança.

Infelizmente notícias como está apesar de pouco divulgadas são bem frequentes, mas o que mais me chamou a atenção foi a afirmação do Representante Legal da religião no Ceará. Como podem ler na foto digitalizada da reportagem ele diz que "ELA LEU A BÍBLIA E TIROU SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES E QUE ELES JAMAIS QUEREM QUE CHEGUEM A UM ÓBITO". 

Bem, é engraçado como a posição da religião muda quando se vê exposta em jornais como uma falha criminosa. Eles mudam a versão e descaradamente. É fácil tirar o corpo fora quando estão sendo expostos, mas eu estou aqui para afirmar que isso é uma grande mentira. Eles realmente preferem que a pessoa morra a tomar uma transfusão de sangue, por que para eles isso é um pecado mortal. Mesmo não havendo alternativas, eles culpam a pessoa, fazendo uma grande pressão psicológica para que a pessoa pense que perderá o apoio de Deus por fazer um tratamento de saúde.
Essa senhora pode não ter sido batizada e ser teoricamente uma Testemunha de jeová, mas quando uma pessoa começa a receber estudos bíblicos deles, ela é fortemente influenciada pela religião e passa a seguir suas doutrinas. Infelizmente ela acabou causando a morte de seu neto e deve responder por isso. Mas, eu afirmo que sim, foi por influencia da religião. Pois existem muitos casos relatados, mais ainda nas suas próprias publicações A SENTINELA e DESPERTAI! pois, me deram vários no hospital para ler e eu fiquei muito chocada, até mesmo minha mãe recolheu para que eu não lesse mais. 
Hoje eu estou bem e apesar de ter que passar por uma situação trágica para ver que religião é apenas costumes impostos por pessoas, fico feliz por me ver livre disso. Eu estou viva, com apoio da minha mãe que nunca me abandonou. Mas muitas pessoas ainda podem passar por isso, inclusive meus parentes que ainda estão nesta religião. Por favor compartilhem e ajudem a abrir os olhos de quem se vê acorrentado a esse tipo de doutrina.
Depoimento de Amanda Vieira no Facebook:


15 comentários:

  1. Obrigada por compartilhar meu depoimento.

    ResponderExcluir
  2. É um absurdo , na minha opinião . Muitos preferem a morte do que a vida . Conheço por dentro os ensinos desta Religião . Foi por esse motivo e outros que saí voluntariamente . E não me arrependo . Muitos estão " presos " psicologicamente nesta Religião . Devem ter coragem em tomar suas próprias decisões . Abraço e boa sorte .

    ResponderExcluir
  3. isso e um absurdo o que eles fazem nao aceitam a adoaçao de sangue, sendo que o proprio senhor JESUS deu seu sangue por nos e nos ensinou tambem a nos doar tambem em 01 epistola de joao cap 03 ver 16 fala do amor ao proximo pq sangue e vida devemos fazer o mesmo sim em nome do senhor JESUS, DEUS ti abençoe

    ResponderExcluir
  4. ESTOU A CONHECER TUDO ISSO . MAS HÁ ESPERANÇA .

    ResponderExcluir
  5. "Eu estou viva, com apoio da minha mãe que nunca me abandonou."

    Isso é muito importante, o apoio da família! Parabéns a vc e seus familiares pela força que tiveram para enfrentar essa situação difícil e por manterem-se fortes na decisão de dar prioridade à vida e não à interpretação de homens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, mas só minha mãe me apoiou, o resto se foi, mas não tem problema eu tive o suficiente. Minha mãe é tudo.

      Excluir
  6. É constrangedor ver como certas religiões gostam de "revirar" "esgravatar" na Bíblia para encontrarem MAIS um forma de pecado. Não bastasse toda a lista de pecados que estão explícitos na Bíblia, como Não matarés, não adulterarás. etc, ainda eles vão por analogia, criarem mais um pecado. É o caso da transfusão de sangue. Eles sabem que a Bíblia só adverte quanto o COMER OU ALIMENTAR-SE de sangue, mas, eles não satisfeitos, acham que Deus se esqueceu de proibir a tranfusão, e entaõ, por conta própria, eles decidem proibir. É assim com as festas de aniversáio. Eles sabem que em nehum ponto da Bíblia Deus proibiu a comemoração desta data, mas.... como em dois casos houve excessos, eles, por conta própria, resolveram dizer que comemorar aniversário é pecado. Vai gostar de pecado assim no inferno!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Yehoshua nao tinha religiao humana e nao frequentava templos,sai dela povo meu,todas religioes sao dominadas pelos illuminatis abram os olhos! se acha que se tivesse uma verdadeira eles iriam deixar? jamais

    ResponderExcluir
  8. É interessante notar que é proibido transfusão de sangue MAS, pode aceitar frações de sangue, ai eu pergunto tem lógica isso?

    ResponderExcluir
  9. Eu nao discuto religiao!!!cada um na sua e DEUS em cada um de nois...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, mas quando se trata de por nossas vidas em rico, eu acho que deve ser discutido sim, pois quase morri por conta disso.

      Excluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!