sábado, 20 de setembro de 2014


A história de Ashya King tomou outra reviravolta surpreendente, com seu pai Brett King relatando em entrevista que permitiria que seu filho tomasse uma transfusão de sangue, se sua vida estivesse em jogo.
“Eu sou uma Testemunha de Jeová, mas acima de tudo, eu sou um pai! – e eu faria qualquer coisa por meu filho”, Brett, 51 anos, ao jornal.
“Se uma criança precisa de tratamento é preciso dar-lhes o tratamento. Nós só queremos o melhor para Ashya “.
Esta revelação, que vem da família de King, os quais estão na República Tcheca aguardando a primeira de 30 sessões de terapias com feixe de prótons em Ashya, coloca um dilema intrigante para a Torre de Vigia.
Será que eles punirão Brett pela desassociação dele em seu retorno ao Reino Unido por desafiar os ensinamentos organizacionais, de modo a fazer dele um exemplo? Eles de alguma forma irão coagi-lo a se retratar de sua heresia publicamente? Ou será que eles cederão ao bom senso e usarão esse episódio como um catalisador para a introdução de reformas urgentemente necessárias relacionadas ao uso do sangue em terapias e tratamentos médicos?
Seria bom pensar que a última opção seria o óbvio, mas quando você tem uma organização liderada por um grupo de homens iludidos que se acham porta-vozes de Deus, tudo é possível.
Brett King certamente não é a única Testemunha de Jeová ativa que iria desafiar o Conselho de Administração sobre o assunto, mesmo que ele seja sem dúvida o primeiro a fazê-lo publicamente. Em uma pesquisa global realizada através da internet com Testemunhas de Jeová ativas, 58% disseram que não iriam permitir que seu filho para morrer por falta de uma transfusão de sangue em desobediência às regras impostas pela Torre de Vigia .
O Corpo Governante, sem dúvida, sentem prazer em  pensar que eles estão no controle completo dos pensamentos e decisões de seus seguidores, mesmo em situações de vida ou morte. Felizmente, parece que este não é inteiramente o caso.
Mas essa migalha de conforto, de modo algum nega a urgência da situação. A Torre de Vigia deve ceder ao bom senso na questão do sangue, e parar o sacrifício abominável de todas as vidas humanas mais preciosas no altar da “obediência sectária” a um grupo de homens que se fizeram “Deus”.
Fonte: http://www.extj.com.br/brett-king-desafia-a-torre-de-vigia-se-for-preciso-ashya-tomara-transfusao-de-sangue/

Para entender o caso:

NO REINO UNIDO, PAIS (DA RELIGIÃO TESTEMUNHAS DE JEOVÁ) TIRAM CRIANÇA COM TUMOR NO CÉREBRO DE HOSPITAL SEM AUTORIZAÇÃO E FOGEM!


JUIZ ESPANHOL PROLONGA DETENÇÃO DOS PAIS (TESTEMUNHAS DE JEOVÁ) QUE RETIRARAM FILHO COM TUMOR NO CÉREBRO SEM AUTORIZAÇÃO MÉDICA!




6 comentários:

  1. Achei por acaso este blog, ja fui tj, me dissociei há anos e não nutro nenhum sentimento em relação à religião, talvez um desgosto por ver a má fé deles para com os fiés - que eu acredito serem em geral pessoas boas e bem intensionadas.
    Acho no entanto uma lástima uma matéria que ao meu ver é informativa ter uma conclusão tendenciosa, se os pais realmente acreditam que pela não-transfusão de sangue - estou caracterizando isto como um ato - seu filho, filha, ente querido em geral será salvo para um vida n'uma futura utopia eclesiástica, então eles estão sim fazendo o que (eles acreditam) é o melhor, isso independe de nossa opinião, atribuir a este ato - que eu deixei claro - um mau ou bom valor com base em nosso ideal ou idiossincrasia é se negar a ver as coisas como elas podem, PODEM ser.
    Por isso deixei a religião, a soberba deles não admitirem a possibilidade de estarem errados, a falta de boa vontade para tentar enxergar uma postura/lado que não o deles é simplesmente desleal para com outrem, e me pareceu similar a postura do autor da conclusão do texto, o que eu acho não ser a intenção do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema Isaque é quando a fé de alguma maneira pode prejudicar, e nesse caso, até matar um inocente. A criança não pode ser responsabilizada pela fé dos pais. Isso é coerência.

      Excluir
  2. JAMAIS.. .NUNCA...NEVER... acataria a determinação do QG (Corpo Governante), se por acaso um filho meu, de acordo com prescrição médica, necessitasse de transfusão sanguínea para sobreviver. Sou TJ (será que sou realmente?), inativa há cerca de 18 anos, embora assista as reuniões (só dos finais de semana). Seria a extrema falta de amor um pai tentar impedir a transfusão por questões religiosas, ditas por homens imperfeitos e pecadores como eu. Minha esposa é TJ, também inativa e minha filha está tendo estudo bíblico, mas já quer desistir. E eu a apoiarei "internamente", sem deixar isso claro através de palavras. Anciãos da minha congregação sugeriram um "estudo diferenciado) para eu e minha esposa, visando nos "habilitar" para a pregação novamente. Não estou disposto. Mudanças de rota me desanimaram há muito tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou muito perplexo com o que estou lendo neste blog, mas , estou gostando.

      Excluir
  3. Boa noite!
    Os pais do meu namorado sao testemunhas de jeova. Eles sempre ficam no meu pé para que eu siga a religião e assim, leve o meu namorado junto. Mas não concordo com muitas coisas naa doutrinas impostas por eles. Em relação a faculdade, tenho duvidas. Faço faculdade de Engenharia Civil e sempre sou alvo de ceiticas deles quando a universitarios. Eles alegam que universitarios sao arrogantes e dizem que os estudantes se acham melhores que os outros. Sempre falam que faculdade não é tudo na vida e que é perda de tempo. Meu namorado já começou a fazer faculdade por duas vezes e parou. Desconfio que tenha sodo influencia dos pais dele, mesmo ele me negando isso. Gostaria que vcs me falassem mais sobre o que os Testemunga de Jeová pensam sobre faculdade. Pra eles é proibido? Eles realmente proibem a faculdade?
    Desde já, agradeço a ajuda de quem se dispuser a me responder.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. A Anônima 14 de julho de 2015 22:57:

    Dê uma olhada nesse artigo:

    TESTEMUNHAS DE JEOVÁ SÃO DESENCORAJADAS A FAZER FACULDADE!

    http://extestemunhasdejeova.blogspot.com.br/2012/12/testemunhas-de-jeova-sao-desencorajadas.html

    ResponderExcluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!