terça-feira, 24 de fevereiro de 2015


Há muito tempo venho relatando que conheço várias Testemunhas de Jeová que gostariam que muitas coisas fossem mudadas dentro dessa denominação religiosa, mas que não podem expor suas ideias ou opiniões sob o risco de serem consideradas rebeldes e assim serem expulsas (desassociadas) e perderem contatos com amigos e familiares. Ou seja, são reféns de um fundamentalismo religioso que usa a discriminação e a morte social como forma de aterrorizar qualquer tentativa de humanizar seus dogmas. Já venho explicando que as Testemunhas de Jeová são orientadas a não falar com ex-adeptos mesmo sendo familiares próximos numa tentativa, desumana e desrespeitosa, de que o mesmo volte, não importando que não acredite em mais nada do que é ensinado ali. Voltam para não perder o contato com seus amigos e familiares. No Fórum Ex-Testemunhas de Jeová recebemos um depoimento de um Ancião (Pastor) dessa denominação religiosa que relata:

Olá pessoal! Tenho servido como ancião (pastor) numa congregação das Testemunhas de Jeová pelos últimos 15 anos. Não posso dizer que já vi de tudo, pois a cada ano sou surpreendido por mais elementos procedimentais e doutrinários, criados pelo Corpo Governante, que me deixam cada vez mais desiludido.Minha desilusão com a Organização conduzida por este grupo de homens é resultado de um processo que se estende já por alguns anos. Desde 2010 dedico-me com especial afinco ao estudo da Bíblia. Tive meu primeiro choque com as doutrinas ensinadas pelo Corpo Governante naquele mesmo ano, durante minha pesquisa relacionada com a carta de Paulo aos Romanos. Tentei sem êxito, mas de muitas formas, conciliar aquilo que a Bíblia ensina sobre, por exemplo, justificação e filiação, com a doutrina despachada por Brooklyn, mas não consegui. Com a continuidade dos meus estudos - e devo dizer que jamais busquei neste período informações de fontes consideradas apóstatas pelos dirigentes das Testemunhas de Jeová -, passei a me deparar com uma ampla gama de doutrinas Bíblicas claras e que tem a sua importância minimizada ou mesmo virtualmente apagada pela liderança TJ. Espero, com o tempo, poder abordar algumas destas aqui. Mais recentemente, já após minha desilusão ter amadurecido, decidi ler os livros de Raymond Franz, Crise de Consciência e Em Busca da Liberdade Cristã, bem como o livro do sueco Carl Olof Jonsson, Os Tempos dos Gentios Reconsiderados, e fiquei simplesmente estarrecido, não apenas com aquilo que descobri, mas especialmente pela quase totalidade de harmonia entre aquilo em que realmente creio e as coisas entendidas pelos autores. Elementos que eu considerava gravemente ofensivos à Deus, tais como a obsessiva ênfase da organização sobre sua autoridade e importância para a salvação dos discípulos de Cristo, foram abordados de maneira perfeita por Franz. As relações mecânicas, controladas e insípidas entre os membros da religião, a exigência de absoluta conformidade com padrões excêntricos e extra-bíblicos, a manipulação de informações e, claro, as terríveis injustiças promovidas pelo sistema judicial criado pela liderança TJ, essas e muitas outras coisas, produziram em mim uma desilusão completa. De modo que não posso mais adotar o conceito de que esta organização tem direito à pretensão de ser o canal exclusivo entre Deus e homens, quase que, ou virtualmente substituindo, o próprio Cristo e o espírito de Deus na terra. Creio que serei entendido aqui quando digo que não posso simplesmente deixar as fileiras das TJ's. Não por causa de mim, claro. Faço o sacrifício de ficar por razões sobre as quais não gostaria de comentar agora. Confio que não serei julgado adversamente por isso aqui. Espero, no entanto, poder em breve, sob novas circunstâncias, poder anunciar meu desligamento deste movimento religioso. Enfim, esta breve apresentação é somente para dizer: olá pessoal, é um prazer estar aqui com vocês!

Matéria retirada do Fórum Ex-Testemunhas de Jeová:


12 comentários:

  1. Estou na mesma situacao....nao posso sair agora mas nao aguento mais tanta mentira...tanta contadiçao .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A SALVACAO E PELA GRACA E NAO POR PERTENCEREM A TJ, OU VENDEREM, TRABALHAREM PARA ELES--- ( EFESIOS 2:8)VOCE NAO IRA PERDER A SALVACAO SE SAIR DE LA!! CREIA

      Excluir
  2. Gostaria muito,de ter contato com ex TJ,a sou batizada a vinte anos,a quatro não frequentou mais as reuniões, não fui expulsa ainda pelo fato de não ter cometido nenhuma falha grave,como eles diferenciam um pecado do outro,o que me prende a esse povo e minha família e o medo de não conseguir outro grupo de amigos,pra onde ir como se vive fora da torre,se alguém puder me ajudar sou muito grata.creuzimar@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Graças ao Sr. Jeová! Mais um que acordou!

    ResponderExcluir
  4. Sou cristão mas tenho família desta religião sinto que eles trata eu com diferença

    ResponderExcluir
  5. nunca vi tanta hipocrisia. pregam amor e hospitalidade, fiquei desempregada com 2 filhos e mãe solteira, ninguém me perguntou das tjs se precisava de ajuda, tive ajuda mas foi dos meus amigos do mundo como as tjs dizem. ofereci me para ajudar uma irmã espiritual a resposta do ancião "ela não e problema seu "e anda esta santa gente a pregar o que? e isto e só para ficar por aqui para não falar do passado em que a minha mãe em vez de me apoiar praticamente me renunciou. Enfim!

    ResponderExcluir
  6. eu estou indo ,mas por causa de minha familia e esposo ,como faço com as datas comemorativas queria tanto participar das coisas do meu filho na escolinha sera que vou escondido? me ajundem

    ResponderExcluir
  7. Sou estudante da bíblia com as t. J e sem querer buscando o site entrei aqui. É fiquei muito preocupado com tudo o que já li. Isso realmente é vdd? Por favor me expliquem melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao Anônimo 11 de julho de 2015 23:10

      Infelizmente é verdade. Procure no Blog mais assuntos e veja que muita coisa está sendo escondida de você.

      Excluir
  8. Ola TJ de 6 de abril não entre em pânico é fácil sair desse cativeiro mental,produzido pela torre de vigia,graças a mídia,muitos estão percebendo a teia formada pelos. Escravos fiéis e discréto.quem póde lhes dar umas dicas cheirósas para te ajudar,é o PASCOAL NAIB.êle esta no blog.e livre dêsse carrapato mental.

    ResponderExcluir
  9. Ola, ainda sou jovem e vivo uma situação muito aflitiva, anseio o dia em que me verei livre do que hoje apelidei carinhosamente de cadeia, estou farta de tantas mentiras e falsidades, gostaria de poder saber como lidar com as pressões e insistências pra "não sair da organização, pois o fim esta proximo" eu me sinto profundamente triste por não poder fugir

    ResponderExcluir
  10. Eu tava procurando outras coisa e que eu sou estudante isso e verdade?ou mentira?

    ResponderExcluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!