quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015



Esse texto é mais indicado para pessoas que tem maioridade, pois algumas de suas sugestões não poderão ser aplicadas legalmente por menores.

Inicialmente, é muito importante que você tenha um objetivo final definido em sua mente. Você quer apenas parar de ir às reuniões ou quer sair totalmente da organização religiosa das Testemunhas de Jeová?

Algumas pessoas se sentem melhor ao fazer isso por etapas. No entanto, fique à vontade para fazer isso de uma única vez, caso não queira mais ter qualquer vínculo com essa denominação religiosa. É doloroso, mas a agonia de ficar anos em algo em que não acredita e que sabe ser cheio de equívocos e erros, pode ser muito pior.

Faça isso por você e não por sua relação com alguém. Se seus familiares pensam que sua decisão é uma influência de outra pessoa, então toda raiva e fúria deles, vão ser concentradas nessa pessoa. Isso não é justo. Você deverá mostrar que a decisão é sua e de mais ninguém. Então, nada de desculpas sobre o motivo real de você ter deixado a organização. Eles precisam entender que esta é uma decisão dolorosa feita somente após um exame longo e minucioso (em alguns casos após oração) de seus próprios sentimentos e crenças.

Talvez isto deva assumir a forma de uma reunião particular com seus parentes e amigos mais próximos. Você precisa contatar todos que serão diretamente afetados pela sua decisão e que gostaria de comunicá-los sobre algo muito importante. Defina um dia e um horário para isto. Assim você diz o que sente e se previne de boatos falsos que costumam surgir quando alguém tenta sair das Testemunhas de Jeová. O ideal é que não leve muito tempo do convite feito à reunião com seus parentes, pois isso pode gerar curiosidades, especulações e tensões desnecessárias. 

No dia da reunião, o passo seguinte é definir regras para que sua fala não seja interrompida bruscamente por alguém mais impulsivo ou agressivo, assim você terá as condições necessárias para dizer tudo que planejou. Embora possa ser tentador, não inicie atacando a Torre de Vigia citando fontes, livros ou mesmo sites considerados apóstatas, pois existe uma grande probabilidade da maioria se retirar da sua reunião nesse exato momento. 
É muito importante ter todo o conteúdo de sua palestra escrita num papel, pois as emoções poderão ficar mais afloradas e nossa memória e raciocínio tendem a ficarem mais vulneráveis nessas ocasiões.

Diga que você os convidou por serem pessoas especiais e que essa reunião é uma forma de você dizer como todos podem e devem tomar decisões importantes na vida. Continue afirmando que a espiritualidade é algo muito importante para você e que todos tem o direito de escolher e vivenciar suas crenças pessoais. Se for apropriado e do seu agrado, cite algum texto bíblico que tenha essa particularidade. Se você nasceu na organização, seria bom lembrar aos seus pais que eles tiveram a oportunidade de escolher como viver e no que acreditar. Eles tomaram suas decisões livremente e agora, por direito, é a sua vez de fazer isso.

Logo em seguida diga calmamente e olhando para todos que não deseja mais ser uma Testemunha de Jeová. Esse é um momento crítico, pois alguém poderá tentar impedir que você continue falando, então mude sua entonação e firmemente (mas ainda mantendo a calma) confirme que há muito tempo gostaria de revelar essa decisão, mas que não tinha tido a coragem de contar como realmente se sentia. 

É muito importante que você repetidamente diga o amor que sente por todos e que sua decisão de deixar a organização das Testemunhas de Jeová não muda em nada a sua relação com eles. A sua decisão não está rejeitando-os e sim um modo de vida dentro dessa denominação religiosa. Nesse momento faça uma pausa e espera a reação deles. Muito provavelmente haverá raiva, choro e acusações da parte de seus familiares e amigos. Não permita que isso faça você voltar atrás, não ceda. Você se preparou para esse momento.

O ideal é ter em mente e estar preparado para duas situações que podem ocorrer logo depois. Caso as coisas fiquem fora de controle e seus pais queiram expulsá-lo de casa: esteja preparado. Se isso acontecer, vá para a casa de um parente ou amigo não-Testemunha de Jeová.
Porém, se a reação for à tentativa de ajudá-lo a voltar para a organização e que pretendem chamar outros irmãos espirituais para lhe aconselhar talvez uma viagem seja algo sensato a fazer. Isto dá tempo para você se afastar da intensidade da situação gerada e para eles se acalmarem e lamentarem sua decisão. Isto é tão traumático como uma morte numa família de Testemunhas de Jeová. Dê tempo para eles superarem essa perda.

Checklist:
- Tenha dinheiro guardado.
- Esteja preparado para a possibilidade de ter que sair de casa na mesma hora.
- Deixe um parente ou amigo sabendo de sua decisão e faça arranjos para, se necessário, ficar um tempo na casa dele.
- Tenha um plano de ação sobre o que fazer após sua partida.
- Defina seu objetivo. Quer sair de vez ou apenas ficar inativo?
- Tenha um trabalho ou algum tipo de emprego. Depender financeiramente deles pode ser um grande problema após sua confissão.
- Tenha alguém com quem conversar (um confidente confiável) ou ajuda profissional, pois você também precisará de apoio emocional.

Saiba que os anciãos (pastores) locais serão notificados e irão atrás de você para conversar. Talvez tentem lhe dar umas cutucadas para que você diga algo que possam usar para desassociá-lo (expulsá-lo oficialmente). Se pretende ficar apenas inativo, tome cuidado com o que diz. Não cite nada sobre apostasia e nem confesse quaisquer pecados. Grave sua comissão judicial (tribunal interno das Testemunhas de Jeová), para que possa provar o que cada um deles disse e faça isso com seu advogado do lado.

Talvez amigos liguem para você vão perguntando se ficou louco. Uma armadilha comum dos anciãos (pastores) é pedir a um de seus amigos que ligue na tentativa de obter declarações que possam ser usadas contra você depois. Eles estarão junto com ele.

Perder a família e amigos para uma denominação religiosa que usa de fundamentalismo e intolerância religiosa é muito desgastante emocionalmente. Mas, a liberdade pessoal que você desfrutará fará valer a pena.
Conclusão do autor: "Eu, pessoalmente, não faria de outro modo!"

Algumas expressões foram adaptadas e outras modificadas para haver melhor compreensão. Texto traduzido por Mentalista.
Texto adaptado e modificado por Pascoal Naib.


17 comentários:

  1. A relação Criador criatura não passa por uma instituição
    A salvação não é vinuclada a organizações religiosas
    Cristianismo é o caráter de Cristo em nossas atitudes, não congressos religiosos.
    A palavra está na escritura, logo a instituição é desnecessária

    Por que os profetas de Deus sempre estiveram afastados das organizações religiosas?
    As instituições tem forte tendência a serem idolos, INSTITUIÇÃO DEUS NA TERRA, UM ÍDOLO, um mediador, um intercessor, chamando para si tudo que é de Deus, como se fosse o próprio.

    Um cristão não deve buscar magistérios religiosos, deve buscar as escrituras, Cristo e suas palavras. João 8:31; João 12:44-50; João 14:7

    Um cristão não deve seguir homens e grupo de homens, apenas Cristo. 1 Coríntios 1:12-13

    Não há uma só referência bíblica autorizando alguém a fundar denominações religiosas e impor a sua interpretação bíblica a seus iguais.

    Não existe infalibilidade de magistérios humanos, todas as instituições não passam de empresas que a si mesmo se edificam, fundadas por homens e não por Cristo


    ResponderExcluir
  2. Excelente,muy buena orientación, en especial para aquellos que aun están bajo el techo de sus padres.

    ResponderExcluir
  3. Quem dera, eu poder agir assim !
    Sou menor de idade infelizmente e tenho que conviver com discriminação de família e da minha mãe.
    Num futuro quem sabe, eu consiga conquistar minha liberdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, Anônimo. Espero que você consiga ainda ter a liberdade que tanto deseja. Não se precipite e saiba agir na hora certo. Lembre-se do velho ditado que diz: "Depois da tempestade vem a bonança". Abraços!

      Excluir
  4. Muito bom mesmo! Tomara que possa ajudar muitas pessoas que desejam sair a tomar um norte, sabendo assim como agir, dependendo da sua situação em que esteja.

    ResponderExcluir
  5. Ninguém ta nem ai com ninguém estou doente com depressão e não recebo visitas de supostos amigos ao ancião amorosos estão todos muito ocupados pregando e dirigindo seus estudos bíblicos ....a meses não assisto reuniões antes ia atrás agora não mais...onde esta o amor cristão??? Nunca existiu só nas revistas nos comentários das reuniões e experiências de congressos o resto é pura falsidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo pregam o amor cristão mas não o praticam.

      Excluir
  6. Nao e nada facil....

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus como todos vocês chegaram a esse ponto?
    Deus ele e amor,nunca vai nos condena...ele condena o pecado mais ama o pecador,tantas coisas erradas tem nessa religião ou organização"como são chamado"
    E o pior tem varias pessoas entrando nessa fria, na biblia fala:"conhecereis a verdade e ela vos libertará" como as pessoas deixa chegar a tal ponto???
    O meu namorado ta entrando nesse denominação, e não sei o que fazer to pedido tanto a Deus pra libra ele,a família dele toda e é eu sou da batista amo tanto ele mais não sei o que faze!!!
    Se alguem poder me ajuda enter em contato comigo 27 996343941

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se cadastra no Fórum Ex-Testemunhas de Jeová, pois lá existem vários tópicos que podem te ajudar e muitos colegas que passaram pela mesma situação. O link é esse abaixo:

      http://extestemunhasdejeova.net/forum/portal.php

      Excluir
  8. Isso é ridículo meu Jeová Deus perdoe esses pobres coitados que não sabem o que dizem. Falta de ética, falta de respeito criar um blog desses cada um segue o que quiser. Agora criar um blog idiota dessas para defamar sem noção isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao Anônimo 18 de julho de 2015 19:41:
      Falta de ética seria eu colocar falsidades ou inverdades. Se você conseguir provar que existe tais situações aqui no Blog eu me comprometo a deletá-lo. Feito o desafio. Consegue?

      Excluir
    2. Pascoal deves ser um gajo mesmo frustrado...arranja uma vida PA e deixa de falar mal das testemunhas de Jeová tomarás tu seres um terço do que eles são,eu não sou mas acredito em Jeová,já tu és um ignorante que só quer inventar,agora podes apagar este mensagem pois sabes que tenho razao

      Excluir
    3. Ao Anônimo 19 de setembro de 2015 10:36

      Eu não falo mal das Testemunhas de Jeová, aliás são elas que vão pregar de casa em casa que todas as religiões são parceiras do Satanás. Então ao que parece sua crítica não tem fundamento.

      Outra coisa é que seria mais proveitoso que você tentasse ao menos dialogar em vez de ficar apenas no ataque pessoal, pois isso mostra que você não tem conteúdo.

      Excluir
    4. Meu Jeová Deus quanta rivalidade.paresse discurçoes de times de futebol.pesso a vcs que nao sao tj;pensem e medite no que a biblia fala e vcs vao ver se nós os cristaos verdadeiros nao falamos a verdade

      Excluir
  9. Estou pedindo ajuda...estou a trinta e dois anos na organizaçao...nunca vi tantas mudanças..tanto discriminaçao racial incubada...tanta nova luz q agora e velha mas q amanha passa a ser nova de novo...tanta hipocrisia e falso amor e tantas pessoas na tribuna falando uma coisa e fazendo outra....Nao sei o q fazer nem pra onde ir....VOLTAR PRA BABILONIA GRANDE? FIKAR A DERIVA NO MUNDO DE SATANAS? ONDE EU ENCONTRARIA UMA ESTRUTURA ESPIRITUAL TAO ORGANIZADA? meu Deus ja nao sei mas o q faço....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo.Fica assim não. Fui TJ 10 anos.Sair e estou na Batista.Continuo acreditando no que a Biblia ensina.E procuro colocar em pratica o q aprende na Biblia.Jesus n pregou religiao pregou a palavra de Deus.Msm em outra religiao vc pode vver a biblia.Ate msm pk eles pregam muitas coisas q n esta na biblia.Ficam mudando o ensino o tp td.Veja so: meu neto e minha filha eram da Batist tanto fizeram q eles deixaram a Batista e foram estudar com eles. Em 3 anos meu neto passou por 5 instrutores isso confundio a cabeça da criança .na epoca com 11 anos agora com 14.Eles n tem responsabildade com vidas fisseram q receberam oedens da Siciedade q quem tem q da estudos dos filhos sao os pa~es.Mas se minha filha tb é estudante? Como da estudo do filho? Hoje a criança faz acompanhamento com psicologo.Transtorno de comportamento.Revoltada pedir para sair fui dissociada.Mas uma deles ficaram sem falar comigo como se eu fosse dessasociada.Dizem q o proceder é o msm.Pregam tanto o amor e agem dessa forma ate com uma criança.Escrevi para o Sociedade eles se comunicaram com os anciao da minha congregaçao e da minha filha e nao fizeram nada. Eles encobrem os erros uns dos outros.Mas eles vao responder ao proprio Jeova.Tou na Batista para ajudar meu neto.Ta dificil para ele se adapitar novamente. Pois gostava dos canticos e da maneira de se vestir.Cade o Amor? N existe nas Testemunhas de Jeova. Religiao n salva.Jesus é quem Salva independente da Religiao.

      Excluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!