sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007


Esse é o momento mais esperado, recheado de curiosidade e tensão!
Quando estamos nessa fase sabemos que nossa vida pode mudar radicalmente, pois estamos despertando para novas realidades, parece que somos movidos por uma força interior que não se contenta mais com a mesmice e com meias verdades. “Mas o ser humano tem um medo incrível da liberdade. Ser livre possui tremendas implicações. O indivíduo que é livre se torna um estranho, uma anomalia. Ele será visto como uma espécie de alienígena. A liberdade, também, é sinônimo de felicidade e o mundo odeia pessoas felizes”.
Ninguém vai nos apoiar nesse momento, pois convivemos com pessoas que estão em outra sintonia, aliás, muitas vão achar que nós somos loucos por querermos questionar a Torre de Vigia, que não temos amor a Jeová, e mais uma vez afirmamos, que o que está em jogo é a descoberta de uma verdade específica, que irá provar para nós mesmos se estamos num caminho adequado. Essas pessoas são nossas inimigas ou querem nosso mal? Essas Testemunhas de Jeová que tanto nos ameaçam, na realidade são pessoas dependentes daquele sistema de crenças. “É ali que elas ganham o pão de cada dia. Não importa se esse pão é um pão velho e amarrotado. Quem teme a liberdade recebe apenas migalhas. Nesse momento, nós somos os nossos maiores inimigos! Nós nos boicotamos o tempo todo. E aquele que venceu a si mesmo é capaz de vencer qualquer outra coisa”.


Categorias:

5 comentários:

  1. sou menbro da igreja evangelica assembleia de Deus.maringa pr.estou feliz porque o senhor Jesus cristo vos libertou meu amado irmao em cristo.comtinui assim. amunciando a verdade. meu nome e Benedito sergino pereira.

    ResponderExcluir
  2. Ele se libertou... E você? Já parou para pensar nisso?

    ResponderExcluir
  3. Olá, tenho algumas curiosidades. Qdo vc era TJ que cargo vc tinha? Qto tempo ficou (no cargo e na religião)? Que igreja, seita, religião ou doutrina defende agora? Quem é Deus pra vc já que ñ é mais Jeová? O que vc pensa sobre o futuro e tudo o que vc acreditava e pregava? De que igreja vc é agora?

    Na verdade tenho muitas outras curiosidades, mas estou em horário de trabalho e estou extremamente ocupado, mas ñ podia deixar de perguntar pelo menos essas coisas.


    Se vc diz que descobriu a verdade e se libertou ñ pode estar em uma religião, quem está não é livre como vc diz ser.

    Grato!

    ResponderExcluir
  4. Como è duro ter que lidar com pessoas que nao sabem interpretar as coisas como o anonimo. Fazer o que se nao entra na cuca....
    Sair de uma igreja nao significa que deixou de acreditar em Deus. Nem todas as religioes possuem o mesmo esquema e sistema das Testemunhas de Jeova que sao rigidos pra caramba. E depois quando se descobre todo o podre de uma religiao que uma pessoa dedicava todo o amor, nao è facil para lidar depois com o mundo afora.
    Eu conheço gente que antes era TJ e depois seguiu em outra religiao, e disse que tinha encontrado a "verdade", no sentido que ali achou amor, respeito, LIBERDADE, verdadeiros amigos (nao aqueles amigos que te amam so por condiçoes: se vc sai no campo, da comentarios, tem estudos biblicos, faz mais de 15 horas no serviço de campo, consegue passar revistas e livros para os moradores e nao falta as reunioes). Encontrou a paz que estava faltando para sua vida.

    ResponderExcluir
  5. Tbém passei por este "parto difícil", e pra falar a verdade, ainda esta mto difícil, mas estou livre, com a graça de Nosso Senhor Jesus Cristo.
    Anonimo de 16-07-2010, o fato de deixarmos a "organização das TJs não quer dizer que nos afastamos de Jeová ou q trocamos de Deus. Ai esta o problema, eles incutem na cabeça de seus "fiéis" que são donos de Deus, isso é uma falsidade. Deus Jeová é quem decide quem vai salvar, não nescessáriamente dentro das TJs e seus agrilhões q tanto torturam.

    ResponderExcluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!