quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Prezados amigos, este vídeo que estamos postando hoje, o considero a obra mais importante da nossa campanha contra a desassociação . Pronunciamentos de autoridades jurídicas e de direitos humanos, personalidades e formadores de opinião, proferem questionamentos contundentes contra a desassociação.


Apesar de ter sido fabricado por nós, sem nenhuma experiência na área, pode proporcionar a sociedade maior credibilidade as nossas intervenções, e, sobretudo, fornece aos desassociados e dissociados, esclarecimentos jurídicos para entrarem com uma reclamação no Ministério Público de seu Estado. Em breve, postaremos uma orientação no campo jurídico e politicamente, completa, para que todos possam se situarem como fazer o procedimento.

Acreditamos, que, este Vídeo, já é vitorioso, e um marco na história de todos os desassociados do Brasil, e, porque não dizer de outros países?

Agora, como as autoridades começam a se manifestarem contra a desassociação, vislumbramos uma perspectiva concreta de que a justiça será realizada contra os agressores que perpetram esta disciplina odiosa, medieval, malévola e imperialista contra seres humanos.
Não foi tão fácil chegarmos aonde estamos. No entanto, podemos ir muito mais longe, irmanados, em uníssono, proclamando, bem alto, a toda a sociedade: ABAIXO A DESASSOCIAÇÃO E SEUS PROMOTORES!!



2 comentários:

  1. Olá Pascoal!

    Somente agora voltei a escrever no meu blog e foi então que vi o seu comentário.
    Obrigada pela visita!
    É sempre bom rever os amigos, saber como estão, enfim, colocar a conversa em dia.
    Espero que esteja bem, curtindo essa cidade linda que é Fortaleza!

    Bjksss

    ResponderExcluir
  2. Olha eu penso que a pessoas que são desassociadas deveriam entrar com uma ação criminal e e danos morais pedindo uma gigantesca indenização. Só doendo no bolso que eles acordar.
    Um abraço,

    ResponderExcluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!