segunda-feira, 30 de maio de 2011



Texto do Blog Anônimo Famoso:

Tenho uma aversão terrível a esta religião. Mas calma... ter aversão não significa não ter respeito. Aliás, tenho amigos e colegas de trabalho que fazem parte e os respeito como quaisquer outras pessoas, já que aprendi com minha vida que ninguém vale mais ou significa mais do que outra pessoa e que todos somos iguais.

Mas o que aconteceu pra que eu sentisse isso? Um fato tão lamentável quanto inesquecível.

Eu sempre recebia muito bem aos TJ na minha casa. E olha que até naquele domingo mais preguiçoso, eu me levantava, interrompia café da manhã e até parava transa pra atendê-los. E, acredite, até a revistinha eu comprava nem que fosse pra minhas filhas rasgarem. Até que um belo dia eu cheguei do trabalho cedo e fui na quadra de esportes vizinha à minha casa, pedir a quem estivesse lá que deixasse eu jogar junto (e perder algumas calorias, etc.).

Então chego lá, já calçado, com toda humildade e respeito:

- Boa noite, tudo bem? Será que eu posso brincar aqui com vocês?

Eles se olham desconfiados e pedem pra eu falar com um senhor barrigudo que estava do outro lado da quadra. Como um cachorrinho, eu vou lá:

- Olá, como vai? Será que eu poderia jogar com vocês?

- Hum... é que aqui só tem testemunhas de Jeová.

- Ok, será que eu posso brincar com vocês hoje?

- Nós somos testemunhas de Jeová, você não entendeu?

- Não...

- A gente veio só brincar, não somos competitivos, não falamos palavrões no jogo.

- Eu tenho exatamente essas características.

- Não dá, a gente nem jogar sabe...

Então percebi que eles não queriam se misturar comigo. Saí p&%$ de raiva e prometi que ia descontar isso em todos os TJ que ousassem ir na minha casa.

Daí, sempre que algum vem na minha casa em domingos pela manhã (como hoje), eu conto pra eles essa mesma historinha e faço um sermão dizendo que todos devem se respeitar apesar de religião. Acredite se quiser: nenhum pediu desculpas e alguns ainda tentam se justificar. Teve um que soltou a pérola "no mundo de hoje, ninguém sabe se a pessoa pode andar armada né".

Obviamente, não generalizei todos os TJ naquela pessoa ridícula que foi o barrigudo. Como disse antes, até tenho amigos TJ que gosto muito. Mas isso eu não vou mais esquecer, nem que eles fizessem um amistoso internacional onde eu fosse a principal estrela do dia.


4 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk , não da para saber se essa pessoa aí é maluca ou mentirosa

    ResponderExcluir
  2. È MUITO SIMPLES DE RESOLVER ESSA QUESTÃO:

    Quando o chefe das TESMENHAS DE JEOVA disse:

    "- A gente veio só brincar, não somos competitivos, não falamos palavrões no jogo."

    O Anônimo Famoso deveria responder:

    - Há sim, vocês são mesmo diferentes, espero então saber se vocês fazem suas nessecidades fecais (cagar) cheirosas, se comem arroz e feijao como todo mundo, tomam banho, adoeçem, fazem amor (ter filhos) sentem CALOR, FRIO, TRISTEZA E ALEGRIA, o SOL e LUA é o mesmo e etc..etc...

    Sabe de uma coisa, eles dizem que é só para brincar e não são competitivos: COMO NÃO SÃO COMPETITIVOS, a religião deles é a melhor entre tantas, como se DEUS FOSSE UM RELIGIOSO FORMADO POR DOUTRINAS HUMANAS. Eles dizem que não falam PALAVRÕES, faz pior, discriminam as pessoas com a dissosciação da mesma proibi da pessoa se relacionar até com sua propria familia. E o mais engraçado não aceita uma pessoa para um partida de bola, mas aceita o dinheiro dos de fora, o transporte, o emprego, a tecnologia e como a mente fica pequena para RACIONAR O OBVIO...

    A GRAÇA E A PAZ DE NOSSO AMIGO E O BOM PASTOR QUE NOS AMA INCODICIONALMENTE SEM A MENTALIDADE DO HOMEM (mentalidade pequenez, caida, carnal e diabolica)

    ResponderExcluir
  3. prezado senhor que postou o assunto,peço desculpas pelas test.de jeová que lhe trataram assim!foram mal educadas,mas não somos assim!Não haveria nada de errado em permitir que o senhor participasse naquele futebol,sendo que o senhor seria tambem respeitoso como disse.Acontece que a grande maioria das tj são pessoas que não se informam(estudam a fundo)sobre os ensinos e ficam sem saber tomar decisões razoáveis(mesmo o corpo governante nos orienta nisso,ao dizer que não são infalíveis)portanto,mesmo que o senhor se sinta magoado,ou até mesmo enfurecido,creio que o perdão sempre seja o melhor caminho,pois todos nós estamos numa condição humana muito ruim e necessitamos de um perdão maior.Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  4. concordo com o comentário acima , mas uma coisa é real , as Testemunhas de Jeová dificultam a interação com pessoas que não comunham a sua crença e isto é real !

    ResponderExcluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!