sábado, 1 de agosto de 2015


Em Junho deste ano (2015), o Supremo Tribunal da Inglaterra confirmou que a Organização das Testemunhas de Jeová era culpada por abuso sexual cometido por um de seus membros.

A Sociedade de Bíblias e Tratados da Inglaterra (representante legal das Testemunhas de Jeová), falhou em tomar as medidas apropriadas quando seus anciãos (equivalente a pastores congregacionais) ficavam sabendo que um adepto de sua religião era pedófilo. 
Foi o primeiro caso civil no Reino Unido de abuso sexual trazido contra as Testemunhas de Jeová.

Ver caso CLICANDO AQUI!

Caroline Wyatt, correspondente da BBC em Assuntos Religiosos, explora as implicações da decisão da Corte e investiga a explícita política das Testemunhas de Jeová de tentar lidar com as alegações de abuso sexual. 
A Reportagem teve acesso a documentos confidenciais internos, enviados apenas aos anciãos (pastores) congregacionais das Testemunhas de Jeová.

Estes revelam a relutância da Organização em envolver as autoridades seculares em casos onde um crime é cometido por uma Testemunha de Jeová contra outra. Ou seja, existe a tentativa de resolver o "assunto" na própria congregação para que a reputação da Igreja não seja manchada e que o caso não seja divulgado na mídia.

Caroline Wyatt ouviu ex-Testemunhas de Jeová que sofreram abusos e que afirmam que a doutrina da Organização e seus procedimentos permitiram aos criminosos evitar processos judiciais.

Não percam mais uma reportagem demolidora de uma estação de TV e rádio credível, que preza pelo rigor da informação e que mais uma vez mostra como as Testemunhas de Jeová atuam em casos que envolvem abuso sexual de menores.

Áudio completo do programa em inglês:



CRÉDITOS:

Texto adaptado do colega TJ Curioso:

Link oficial 



Um comentário:

  1. fiquei 20 anos nessa religiao nem sonhava q existia tal pratica (acoberta criminosos ) mas e verdade depois de algumas pesquisas descobri e pedi desociaçao descobri tbm muitos outros erros pra quem criticava tanto os catolicos,,,,,,,,me senti envergonhado to fora

    ResponderExcluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!